Autora argentina Isol ganha maior prêmio mundial da literatura infantil

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Escritora e ilustradora, cujo nome verdadeira é Marisol Misenta, vence Prêmio Lindgren Memorial, entregue pelo governo sueco

Reuters

A autora e ilustradora argentina Isol ganhou o maior prêmio do mundo de literatura infantil nesta terça-feira (26), com o júri do Prêmio Astrid Lindgren Memorial elogiando sua capacidade de mostrar os absurdos do mundo adulto para as crianças.

Ela venceu o autor de "War Horse" Michael Morpurgo, o escritor norte-americano de "The Very Hungry Caterpillar" Eric Carle, e o escritor britânico Terry Pratchett, entre outros.

Divulgação
Marisol Misenta, a Isol, vencedora de prêmio sueco

O júri do prêmio de 5 milhões de coroas suecas (US$ 770 mil ou R$ 1,54 milhão), criado pelo governo sueco em 2002, disse que Isol, cujo verdadeiro nome é Marisol Misenta, criou livros de figuras a partir do "nível de visão da criança".

"Tomando a visão clara da criança sobre o mundo como seu ponto de partida, ela aborda as suas questões com fortes expressões artísticas e oferece respostas abertas", disse o júri. "Com humor e leveza, ela também lida com os aspectos mais sombrios da existência."

Siga o iG Cultura no Twitter

Isol, que escreveu e ilustrou 10 livros próprios, bem como livros de outros escritores, nasceu em 1972 em Buenos Aires e também trabalha como cantora e compositora.

Seu primeiro livro, "A dog's life", foi publicado em 1997 e suas obras já foram publicados em cerca de 20 países.

Isol disse à Reuters que foi acordada pelos organizadores do prêmio com a notícia. "É tudo realmente inacreditável, especialmente porque os outros indicados são incríveis."

Isol creditou seu sucesso a ser capaz de olhar para as questões a partir de uma perspectiva diferente. "Tem a ver com ser capaz, às vezes, assim como as crianças, de fazer perguntas sem medo e responder de volta um pouco."

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas