Mistério sobre o retorno do vilão, que perdeu o rosto, estampa várias capas; veja as imagens

Está marcada para 13 de outubro, nos Estados Unidos, a volta do vilão Coringa às revistas da franquia "Batman", publicadas pela DC Comics. A expectativa gira em torno da reformulação visual do personagem, cujo novo rosto promete causar impacto.

O retorno do criminoso, que começa na edição 13 da revista "Batman", se estende para outras séries ligadas ao herói, caso de "Detective Comics", "Batman & Robin", "Batgirl", "Mulher-Gato", "Novos Titãs", "Asa Noturna" e "Esquadrão Suicida" – veja algumas capas abaixo.

Siga o iG Cultura no Twitter

Desenvolvida pelo roteirista Scott Snyder e pelo desenhista Greg Capullo, a trama de "Death of the Family" ("Morte da Família", em português) está sendo anunciada nos EUA como "a melhor história protagonizada pelo vilão em anos". "Essa é a minha carta de amor ao Coringa", disse Snyder em entrevista ao site Newsarama.

Um dos temas da história consiste na possibilidade de o criminoso ter descoberto as identidades secretas dos heróis que acompanham o Batman – e a identidade do próprio homem-morcego. "Ele pode ou não saber a sua identidade. E essa é a parte mais assustadora. Você pode ao menos relaxar sabendo que ao retirar a máscara para dormir estará seguro. Mas e se alguém louco como o Coringa soubesse quem você é?", disse o roteirista Scott Lobdell.

Rascunho do novo rosto do Coringa divulgado pelo desenhista Jock em agosto deste ano
Reprodução
Rascunho do novo rosto do Coringa divulgado pelo desenhista Jock em agosto deste ano

A lista de alvos do vilão em seu retorno não inclui apenas os amigos de Batman, mas também alguns criminosos de Gotham City, caso da Mulher-Gato e do Pinguim. "Há um ano, o Coringa decidiu que sairia da cidade para planejar sua vingança. Então isso é tudo o que ele preparou", explicou Snyder.

Veja mais: A história visual do Batman

Mas o grande diferencial de "Death of the Family" é o novo rosto do vilão, cuja pele havia sido removida na edição 1 da revista "Detective Comics", lançada em setembro de 2011 nos EUA. Nela, a polícia encontra a face do Coringa pendurada na parede e a coloca no gelo, enquanto ele escapa.

Em agosto deste ano o desenhista Jock revelou no Twitter uma ilustração com o novo rosto do Coringa, que mostra sua pele segurada por ganchos e costuras (veja ao lado). Agora, coube ao próprio Greg Capullo explicar sua criação, piorando as possibilidades.

Leia também: Batman é o super-herói preferido dos leitores de HQs

"Desenvolvi o novo visual com um cinto segurando sua pele por trás e dois ganchos mantendo o buraco da boca no lugar", disse o desenhista à CBR. "Você mexe o rosto em diferentes posições e sua pele acompanha essas mudanças. Porém, no caso do Coringa, um gancho pode se soltar e parte de sua face cair".

De acordo com Capullo, uma das ideias acertadas com Scott Snyder se tratava do rosto do Coringa salvo pela polícia de Gotham. "Pensei que talvez a pele não tivesse sido conservada no gelo ao ser guardada na sala de evidências da delegacia. Por isso ela começaria a se decompor, certo? E coisas em decomposição começam a feder e a atrair moscas. Por isso o rosto que os leitores vão encontrar na revista provavelmente será diferente do rascunho que todos viram."

Jogo dos super-heróis: Descubra o nome do personagem das histórias em quadrinhos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.