Romance erótico supera Harry Potter na Amazon britânica

Fenômeno "Cinquenta Tons de Cinza". da autora E.L James, bate novo recorde

Reuters |

Reuters

A mágica de J.K. Rowling parece ter se desgastado entre os leitores britânicos. Nesta quarta (dia 1) o romance erótico "Cinquenta Tons de Cinza" superou em vendas os sete livros de "Harry Potter" na Amazon britânica, o que fez da escritora E.L. James a autora que mais vendeu livros na história do site.

Siga o iG Cultura no Twitter

O romance também se tornou o livro mais vendido do site em todos os tempos, ofuscando as vendas do recordista anterior, "Harry Potter e as Relíquias da Morte", na proporção de mais de dois livros para cada um.

"Se J.K. Rowling foi o fenômeno literário da última década, E.L. James certamente vestirá esse manto na década atual", afirmou o diretor europeu do Kindle, Gordon Willoughby, em um comunicado.

"Em apenas quatro meses, James se tornou a escritora que mais vendeu pela Amazon britânica em todos os tempos, o que é notável quando se considera que vendemos livros há quase 14 anos", afirmou ele.

Leia também:  "Cinquenta Tons de Cinza" rende US$ 1 milhão por semana para a autora

"Cinquenta Tons de Cinza", o primeiro livro de James, aborda um affair sadomasoquista entre o empresário rico Christian Grey e a ingênua estudante de literatura Anastasia Steele.

Como ocorre normalmente com sucessos editoriais , "Cinquenta Tons de Cinza" vai ganhar uma adaptação cinematográfica . Os direitos de filmagem da trilogia foram comprados pela Universal e Focus Features.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG