Lanterna Verde gay vai namorar brasileiro

Roteirista Ivan Velez tomou a decisão após receber críticas homofóbicas de leitores do Brasil

iG São Paulo | - Atualizada às

Durante o painel "Reescrevendo as regras dos gays nos quadrinhos", que ocorreu na San Diego Comic-Con deste ano, o roteirista Ivan Velez disse que saíram do Brasil as críticas mais agressivas que recebeu por ter transformado o Larterna Verde original em homossexual.

Siga o iG Cultura no Twitter

Velez assina a história em que Alan Scott, o Lanterna Vede, revela ser homossexual. "As críticas mais ferozes que recebi vieram de tweets do Brasil. Eu havia comentado que estava me sentindo mal do fígado quando alguém escreveu 'seu fígado está te punindo pelo que você fez com o Lanterna Verde'".

Após arrancar risos dos presentes, o roteirista disse que, como vingança, quando "Alan Scott estiver livre para amar, o homem da sua vida será brasileiro".

Leia também: Laerte em carne, osso e minissaia

Além de Velez, estavam no painel os roteiristas Gail Simone e James Robinson, ambos da DC Comics, e os artistas Oliver Nome e Nicola Scott. Entre os recentes eventos homossexuais nas HQs citados também estava o casamento homossexual do personagem Estrela Polar, da Marvel Comics.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG