Leilão de objetos de Liz Taylor arrecada R$ 4,7 milhões em NY

Organizado pela Christie´s, leilão foi centrado no guarda-roupas da estrela de Hollywood

EFE |

Uma litografia na qual Andy Warhol retratou Elizabeth Taylor e um vestido da grife Dior que pertenceu à lendária atriz foram nesta quarta-feira as estrelas de um leilão organizado pela Christie's em Nova York.

A casa de leilões arrecadou mais de US$ 2,5 milhões(aproximadamente R$ 4,7 milhões) na jornada, que teve a litografia como o objeto mais caro: US$ 662.500.

A peça produzida por Warhol, aliás, foi a única obra de arte do leilão, centrado no guarda-roupa da estrela de Hollywood. Um elegante vestido de noite branco e com detalhes em prateado, assinado por Christian Dior, alcançou US$ 362.500. 

Leia também: Joias de Liz Taylor causam alvoroço em milionário leilão em Nova York

Por outro lado, uma chamativa jaqueta confeccionada pela grife Versace, decorada com retratos da atriz elaborados em pedraria, acabou vendida por US$ 128.500.

Além disso, foi negociado por US$ 62.500 o vestido de seda verde e rosa produzido pela estilista Gina Fratini que a atriz usou em seu segundo casamento com o ator Richard Burton, em 1975.

Essa sessão faz parte de uma série de leilões centrados nos pertences da atriz que a Christie's iniciou nesta terça-feira com a venda de suas joias, que arrecadaram quase US$ 116 milhões.

Leia também: Antes do início do leilão, as joias e roupas finas de Liz Taylor saíram numa exposição itinerante

Nesta terça, o destaque foi todo da pérola conhecida como "A Peregrina", um presente de Burton a Liz Taylor que encontrou comprador por US$ 11,8 milhões, o que estabeleceu o novo recorde mundial de venda de uma pedra preciosa durante um leilão.

    Leia tudo sobre: ELIZABETH TAYLOR

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG