Larry King anuncia fim de programa na CNN

Após 25 anos, apresentador vai encerrar atração de entrevistas e se dedicar à família

iG São Paulo com AFP |

Getty Images
Larry King: lenda da TV norte-americana

O veterano apresentador da TV norte-americana Larry King, personalidade emblemática da emissora CNN há 25 anos, deixará seu programa após meio século entrevistando personalidades, comunicou ontem o próprio jornalista.

Larry King, cujo nome de batismo é Lawrence Harvey Zeiger, anunciou que aos 76 anos deixará a bancada de seu programa no final do ano.

"Falei com as pessoas aqui na CNN e disse a elas que queria terminar com o Larry King Live , o programa noturno, e a CNN felizmente aceitou", disse o apresentador, antes de começar seu programa de terça-feira.

King disse que a decisão dará a ele "mais tempo" com a esposa e para "levar as crianças aos jogos", disse o jornalista, que em abril anunciou seu divórcio, mas em maio voltou atrás e se reconciliou.

Sua companheira, Shawn Southwick, de 50 anos, afirmou que tentava uma reconciliação e há menos de um mês a revista People publicou uma reportagem sobre uma suposta tentativa de suicídio da esposa do apresentador.

Com relação ao fim de seu programa, acrescentou: "vou continuar fazendo parte da família CNN, apresentando vários especiais de Larry King com assuntos nacionais e internacionais de importância". Segundo a emissora, King fez mais de 40 mil entrevistas em seus 50 anos de carreira.

"Estou incrivelmente orgulhoso de que recentemente tenhamos marcado o recorde no livro Guinnes por termos gravado o programa mais longo com o mesmo apresentador no mesmo espaço", afirmou King. Ao fechar este capítulo, olho para o futuro e me pergunto qual será o próximo capítulo, mas por enquanto chegou o momento de pendurar meus suspensórios noturnos", disse, em alusão ao seu acessório característico.

    Leia tudo sobre: Larry Kingtelevisão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG