De acordo com especialista em arte, criminosos não conseguiram colocá-lo no mercado negro

Um quadro do pintor surrealista belga René Magritte, roubado há dois anos em um museu de Bruxelas, acabou sendo devolvido pelos ladrões, que, aparentemente, não conseguiam vendê-lo, informou a imprensa belga.

Siga o iG Cultura no Twitter

Intitulada "Olympia", a pintura, que era avaliada em três milhões de euros, tinha sido roubada de um museu de Jette, um distrito da cidade, que é dedicado ao consagrado artista.

O especialista em arte Janpiet Callens, que foi contatado há duas semanas de forma anônima pelos supostos autores do crime para devolver a obra, entregou a pintura às autoridades e explicou que os ladrões não tinham conseguido colocá-la no mercado negro.

"Olympia" é um retrato nu de Georgette Magritte, esposa do artista, que aparece deitada em uma toalha branca. Ao fundo, se destaca uma paisagem junto ao mar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.