Juíza emite nova ordem de detenção de Lindsay Lohan

Atriz é acusada de violar termos de liberdade condicional

EFE |

Uma juíza ordenou hoje a detenção da atriz Lindsay Lohan, por violar os termos de sua liberdade condicional durante o fim de semana, e impôs o pagamento de uma fiança de US$ 200 mil, informou a imprensa local. A juíza Marsha Revel se reuniu com os advogados de Lindsay em Los Angeles depois que a pulseira que a atriz usa detectou possíveis indícios de consumo de álcool, o que foi proibido pela magistrada recentemente.

A pulseira, segundo a imprensa local, foi ativada na noite de domingo durante o MTV Movie Awards. No entanto, a juíza não especificou de que forma Lindsay violou sua liberdade condicional. No final de maio, a juíza emitiu outra ordem de detenção da atriz. Marsha ordenou então que a jovem usasse a pulseira que detecta o consumo de álcool de forma permanente e se submetesse a testes aleatórios antidrogas uma vez por semana, em troca de evitar a prisão. A liberdade condicional foi conquistada depois do pagamento de US$ 100 mil.

    Leia tudo sobre: lindsay lohanlos angelesjustiça

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG