Publicação cita que "Os Simpsons" é um dos poucos seriados que faz da religião tema recorrente

Homer faria de tudo para esconder sua fé católica, segundo publicação da Igreja
Reprodução
Homer faria de tudo para esconder sua fé católica, segundo publicação da Igreja

"Os Simpsons" receberam a benção do Vaticano. O jornal oficial declarou que o amante de cerveja Homer Simpson e seu filho Bart são católicos. E mais, diz que os pais não devem ter medo de deixar seus filhos assistirem "as aventuras dos personagens amarelos".

"Poucas pessoas sabem disso, e ele faz de tudo para esconder. Mas é verdade: Homer J. Simpson é católico", disse o jornal Osservatore Romano no domingo no artigo "Homer e Bart são católicos".

O jornal citou um estudo de um sacerdote sobre um episódio de 2005 do programa chamado "The Father, the Son and the Holy Guest Star".

Esse estudo concluiu que o seriado "Os Simpsons" está "entre os poucos programas de televisão para crianças nos quais a fé cristã, a religião e perguntas sobre Deus são temas recorrentes".

A família norte-americana de classe média que dá nome ao seriado reza antes de comer e "à sua própria maneira, acredita em algo mais além", concluiu o estudo do jesuíta, segundo o jornal.

Esta é a segunda vez que o programa, transmitido em 90 países, é elogiado pelo Vaticano.

Em dezembro de 2009, o Osservatore Romano descreveu o show como "terno e irreverente, escandaloso e irônico, alegre e profundo, filosófico e às vezes até mesmo teológico, uma síntese da cultura popular e da niilista classe média norte-americana".

"Os Simpsons" é a série dos Estados Unidos que está há mais tempo no ar em horário nobre e atualmente está na temporada 22.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.