"Homem-Aranha" retorna com segurança à Broadway

Um dos dublês "voando" sobre a plateia precisou de ajuda para voltar ao palco

Reuters |

AP
Com orçamento de US$ 65 milhões, musical é o mais caro já produzido na Broadway
O musical "Spider-Man" (Homem-Aranha) voltou a ser encenado com segurança na Broadway em uma apresentação gratuita na quinta-feira, 23, à noite, restabelecendo a confiança na habilidade da produção de garantir a saúde do elenco, mas não, talvez, o futuro financeiro da peça.

A produção, orçada em 65 milhões de dólares e com as músicas de Bono, do U2, e The Edge, teve duas apresentações suspensas por causa de questões de segurança, depois que na segunda-feira um ator caiu de uma altura de quase nove metros. Ele fraturou costelas e teve de passar por uma cirurgia.

"Spider-Man: Turn Off the Dark" voltou a ser encenada sem acidentes, embora um dos "homens-aranha" voando sobre a plateia tenha precisado de ajuda para retomar seu percurso.

Ferimentos no elenco e grandes atrasos antes do início da fase de pré-estreia, em 28 de novembro, fizeram com que as atenções se concentrassem no musical, a mais cara produção da história da Broadway, o que fez surgirem especulações de que a peça, dirigida por Julie Taymor, possa se tornar um fiasco épico.

Duas apresentações marcadas para quarta-feira foram canceladas enquanto autoridades federais e estaduais reavaliavam o sistema de cabos e cintos usados por atores e dublês. Segundo o New York Times, houve perda de cerca de 400 mil dólares em venda de ingressos.

    Leia tudo sobre: teatrobroadwayhomem-aranha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG