Harvey Weinstein prevê o renascimento do cinema francês

Produtor de Hollywood atribui novidade ao Oscar de "O Artista" e a lei antipirataria francesa

iG São Paulo |

Getty Images
O produtor hollywoodiano Harvey Weinstein
Harvey Weinstein disse que o cinema francês está passando por um renascimento. Em entrevista à Associated Press, o produtor de "O Artista", grande vencedor do Oscar 2012 , afirmou que "a França vai passar por uma era de ouro do cinema."

Siga o iG Cultura no Twitter

De acordo com ele, a vitória do filme mudo na premiação não é o único motivo de seu otimismo. Uma lei francesa de antipirataria, que permite que as autoridades cortem o acesso à internet de pessoas que fazem download ilegal, está entre as razões do comemorado "renascimento".

" 'O Artista' é apenas o começo", afirmou Weinstein, que nta quarta-feira (7) recebeu do presidente Nicolas Sarkozy a Ordem Nacional da Legião de Honra, uma das mais importantes condecorações honoríficas francesas.

Na ocasião, Sarkozy conversou com o produtor sobre um documentário de cinco horas assinado por ele e Martin Scorcese, além de elogiar o cineasta dinamarquês Carl Dreyer, que fez história na época do cinema mudo.

"Sarkozy teve coragem de fazer a mais dura lei antipirataria do mundo", disse Weinstein, atribuindo aos downloads ilegais a culpa pela queda das indústrias de cinema e música dos Estados Unidos. "Isso fará o cinema francês renascer."

Entre as outras previsões do produtor, estão o aumento de filmes mudos e trabalhos de vanguarda rodados em Hollywood e a vitória de uma produção estrangeira - "agora falada" - como melhor filme do Oscar. "Vamos quebrar essa barreira também. Seja eu ou outra pessoa. Esse é um caminho na direção correta".

    Leia tudo sobre: Harvey Weinsteino artistacinema francês

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG