Grupo Tapa encena textos curtos de Tennessee Williams

Espetáculo "Alguns Blues do Tennessee" está em cartaz em São Paulo

AE |

Divulgação
Cena do espetáculo "Alguns Blues do Tennessee"
Um ensaio para o que viria depois. Em "Alguns Blues do Tennessee", o grupo Tapa mostra uma seleta de três textos curtos de Tennessee Williams. Criadas no começo dos anos 1930, as narrativas surgem quando o autor ainda exercitava seu estilo. Como se prenunciassem os temas e as personagens que o dramaturgo conceberia mais tarde.

"Ali, ele estava ensaiando seus instrumentos", observa o diretor Eduardo Tolentino, que conduz a encenação ao lado de Brian Penido Ross. Ao longo de sua carreira, Tennessee escreveria outras dezenas de peças curtas. Conforme atingiu a maturidade, esses textos também se tornaram mais elaborados. O foco do Tapa sobre essa fase "verde" de sua produção, porém, tem um sentido. "Nesses textos você começa a entender a estrutura do autor, vê algumas experimentações e estudos de algumas personagens que apareceriam nas obras maiores", diz Tolentino.

É assim que a breve peça "Verão no Lago" (1939) já insinua um esboço da matriarca Amanda Wingfield que Tennessee criaria cinco mais tarde em "À Margem da Vida", seu primeiro grande sucesso. Da mesma maneira, "A Dama da Loção Antipiolho" (1942) deixa entrever os traços de Blanche DuBois, a frágil e perturbada protagonista de "Um Bonde Chamado Desejo".

Não é a primeira vez que o Tapa demonstra predileção por textos 'menores' ou menos conhecidos de grandes autores. Foi assim com "Viúva, Porém Honesta", de Nelson Rodrigues. E também, mais recentemente, com "Amargo Siciliano", quando o grupo se debruçou sobre duas peças curtas e um conto de Luigi Pirandello.

Inserido na esteira das comemorações do centenário de Tennessee Williams (1911-1983), o Tapa também traz a público novas traduções de suas peças. Os textos começaram a ser traduzidos dentro de sala de aula, nos cursos de formação que o grupo oferece. Logo, porém, as traduções ganharam vulto. Mereceram supervisão da professora Maria Sílvia Betti e devem ser publicadas no segundo semestre pelo selo É Realizações. A editora promete volumes com 26 peças curtas, além de seis textos longos.

Alguns Blues do Tennessee - Viga Espaço Cênico (Rua Capote Valente, 1.323, Pinheiros). Telefone (011) 3801-1843. 3ª a sáb., 21h30; dom., 20 h. R$ 30. Até 5/6.

    Leia tudo sobre: Tennesse WilliamsGrupo Tapa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG