O ator mexicano Gael García Bernal volta ao cinema americano na comédia romântica "Letters to Juliet", na qual interpreta um apaixonado chef ao lado de Amanda Seyfried e Vanessa Redgrave, em uma trama para os que acreditam que é possível recuperar amores perdidos na terceira idade.

O ator mexicano Gael García Bernal volta ao cinema americano na comédia romântica "Letters to Juliet", na qual interpreta um apaixonado chef ao lado de Amanda Seyfried e Vanessa Redgrave, em uma trama para os que acreditam que é possível recuperar amores perdidos na terceira idade.

"Não acredito que exista um um limite de tempo para o amor. Acredito que é possível recuperar um amor perdido há muito tempo", disse à AFP o roteirista do longa, o porto-riquenho José Rivera, que também escreveu "Diários da Motocicleta" (2004), do brasileiro Walter Salles.

"Obviamente, pelo bem da história, as coisas são muito exageradas. Se é possível que algo permaneça durante 50 anos, não sei", completou Rivera, que confessou não ter visto ainda o filme concluído pelo diretor Gary Winick ("Noivas em Guerra", 2009) e que estreará nos Estados Unidos em 14 de maio.

A fita vai até a Itália, sendo Verona o lugar para o qual a nova promessa de Hollywood Amanda Seyfried viaja com o noivo, García Bernal no papel de 'Victor', e inesperadamente termina se tornando membro do grupo "secretaria de Julieta", mulheres que respondem em nome da famosa personagem de William Shakespeare.

Assim a personagem de Seyfried cruza com a "Julieta particular" interpretada por Vanessa Redgrave.

Rivera contou que escreveu o papel que ficou com García Bernal pensando em um "charmoso cubano".

"O personagem que escrevi era para um muito acolhedor e carismático, charmoso, cubano. Obviamente Gael não é cubano, mas acredito que o diretor e os produtores imaginaram que poderia ser, por seu carisma", afirma.

"Ele é uma pessoa maravilhosa", concluiu o roteirista.

pb/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.