Fotógrafo retrata solidão com imagens de cães presos em carros

Série de fotos é inspirada em experiência pessoal do autor

iG São Paulo |

Você já imaginou acordar no banco de trás de um carro, sozinho, com os vidros fechados, as portas trancadas e sem ter noção de onde está? O fotógrafo inglês Martin Usborne passou pela experiência durante sua infância, "provavelmente aos 4 anos e por pouco tempo", ele não consegue precisar. "Os detalhes não importam. Eu pensei se alguém iria voltar, e na cabeça de uma criança é possível imaginar estar sozinho para sempre", conta em seu site oficial. O episódio resultou na série de fotos "MUTE: the silence of dogs in cars" ("MUDOS: o silêncio de cães em carros", em tradução livre).

Foi na mesma época que ficou preso no carro que Usborne começou a ter uma relação maior com animais, especialmente com a forma ruim que muitas vezes eles são tratados pelos humanos. "Assistia à TV e via cachorros sendo chutados em sacolas. E o que me deixava mais apreensivo era que os animais não podiam reclamar. Sua mudez me aterrorizava", diz Usborne. O fotógrafo, que afirma ter sido uma criança muito bem criada, diz que cresceu com um "medo de estar sozinho". "Acho que todos dividimos este sentimento em algum momento da vida. Não estou certo", comenta.

Para traduzir essa percepção, ele fez a série de fotografias de cachorros dentro de carros. Usborne tomou cuidado na hora dos registros: as imagens foram feitas em estúdio, sendo que o fotógrafo inclusive escolheu o carro que melhor se encaixava em cada cachorro. Ele se diz surpreso com o resultado. "Sabia que as fotos seriam soturnas, mas as reações dos cães foram diversas, alguns tristes, outros nervosos. Fiquei surpreso de ver tantas nuances", comenta no texto de apresentação das imagens.

As fotos impressas estão à venda no site oficial de Usborne .

    Leia tudo sobre: fotografiacachorrosmartin usborne

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG