Foto rara de Billy the Kid é leiloada por R$ 3,7 milhões

Imagem de um dos criminosos mais famosos dos Estados Unidos, no fim do século 19, superou em seis vezes o valor esperado

BBC Brasil |

selo

AP
Foto de Billy the Kid arrematada no leilão
O único retrato reconhecidamente autêntico do célebre criminoso americano Billy the Kid alcançou o preço de US$ 2,3 milhões (cerca de R$ 3,7 milhões) em um leilão nos Estados Unidos.

A foto em placa de metal, que teria sido feita em 1879 ou 1880 em Fort Summer, no Novo México, mostra Billy the Kid em roupas de caubói e chapéu, olhando direto para câmera e descansando a mão sobre um rifle Winchester.

Uma clássica imagem de caubói fora-da-lei do Velho Oeste, nas palavras da porta-voz da casa de leilões Brian Lebel, em Denver, Melissa McCracken.

“Só existe uma foto de Billy the Kid, e acho que é por isso que ela cativa tanto a imaginação das pessoas.”

Figura imortalizada nos clássicos filmes de faroeste, Billy the Kid supostamente nasceu em Nova York, mas se mudou para o Colorado com a mãe e os irmãos após a morte do pai.

Famoso por sua rapidez no gatilho, o bandido foi responsabilizado pela morte de 21 pessoas, embora algumas fontes elevem este número para até 27.

O homem caçado em todo o sul dos Estados Unidos e norte do México deu a sua própria foto ao amigo Dan Dendrick, cuja família guardou o retrato por todos esses anos.

A imagem agora passará às mãos do colecionador privado William Koch, que pagou um preço seis vezes maior que os leiloeiros estavam esperando.

Billy the Kid foi capturado e sentenciado à morte por enforcamento pela morte de um xerife em 1878. Ele conseguiu escapar, mas foi novamente encontrado e morto pelo xerife Patrick Floyd Garrett, no dia 14 de julho de 1881.

    Leia tudo sobre: billy the kidleilão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG