Pintor e escultor de 79 anos é considerado o artista plástico colombiano mais famoso de todos os tempos

Fernando Botero durante a abertura de uma exposição em Berlim, em 2007
Getty Images
Fernando Botero durante a abertura de uma exposição em Berlim, em 2007
O pintor e escultor colombiano Fernando Botero, de 79 anos, foi internado em um hospital em Rionegro, na Colômbia, relataram nesta quarta-feira fontes próximas ao artista, sem revelar o motivo da internação.

Botero, considerado o artista plástico colombiano mais famoso de todos os tempos, está no Hospital Universitário San Vicente de Paúl, em Rionegro, povoado vizinho a Medellín, sua cidade natal.

Siga o iG Cultura no Twitter

O artista, conhecido no mundo todo por pintar e esculpir figuras humanas de volume desproporcional, está acompanhado por sua mulher, a escultora grega Sophia Vari, acrescentou a fonte, que pediu anonimato e indicou que a família não quer que sejam divulgadas informações sobre seu estado de saúde.

No entanto, afirmou que Botero "está bem", submetendo-se a "exames normais", enquanto sua família aguarda tranquila que a equipe médica que o atende entregue os resultados dos testes.

Leia também: Escultura de Fernando Botero é vendida por R$ 3,1 milhões

O diretor do hospital, Juan Manuel Sierra, se limitou a dizer à Caracol Radio que Botero está sendo submetido a análises para "determinar as causas dos sintomas que apresentou". "Só depois que o médico tomar uma decisão com relação aos exames e à sua condição clínica será decidido se ele sai ou não do hospital", acrescentou o porta-voz.

Leia também: Obras de Fernando Botero reinam em leilão em Nova York

Botero retornou ao seu país para passar o Natal e o Ano Novo em uma casa de campo que possui em Rionegro, e no último domingo acompanhou sua mulher na inauguração de uma exposição de esculturas ao ar livre na cidade caribenha de Cartagena.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.