Extremista faz ameaça de morte contra David Letterman

Site de militantes muçulmanos pede que apresentador da TV norte-americana tenha boca "fechada para sempre"

iG São Paulo com agências |

AP
David Letterman: piada perigosa na televisão
Um militante muçulmano conclamou seus seguidores norte-americanos a matarem e cortarem a língua do apresentador norte-americano David Letterman por causa de uma piada feita no ar, divulgou nesta quarta-feira (17) uma instituição de inteligência dos Estados Unidos.

A entidade Site disse que a ameaça foi divulgada em um site usado por extremistas. O autor teria ficado irritado ao ver Letterman passar o dedo sobre a garganta ao se referir a Ilyas Kashmiri, dirigente da Al Qaeda morto em junho num bombardeio no Paquistão. Ele teria afirmado em tom de brincadeira que Kashmiri se uniria ao líder da Al-Qaeda, Osama bin Laden.

"Cortem a língua desse judeu rasteiro e fechem [sua boca] para sempre", disse o autor da ameaça no site Shumukh al-Islam, segundo tradução do Site. Letterman, apresentador de um popular programa de entrevistas nos EUA, não é judeu.

Letterman e sua emissora, a CBS, não quiseram comentar a informação. O FBI disse estar levando a ameaça a sério.

O apresentador não é o primeiro astro da TV norte-americana a receber ameaças de morte de extremistas islâmicos. Ano passado, os criadores do desenho "South Park", Trey Parker e Matt Stone, foram ameçados depois da exibição de um episódio no qual o profeta Maomé aparecia com uma fantasia de urso. Considerado culpado de fornecer material de apoio a um grupo terrorista e de estimular a violência contra os criadores do programa, Zachary Chesser foi condenado a 25 anos de prisão.

* com Reuters e AFP

null

    Leia tudo sobre: david lettermanameaçaextremistas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG