Exposição "Relicário" reúne trinta obras de Vik Muniz

Mostra acontece no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo, e tem abertura nesta terça

iG São Paulo |

Trinta obras do artista plástico brasileiro Vik Muniz estarão expostas em São Paulo até o final de abril. As peças fazem parte da mostra "Relicário", em cartaz no Instituto Tomie Ohtake. A exposição tem abertura oficial nesta terça-feira, às 20h.

A maior parte dos trabalhos é das décadas de 1980 e 1990. Alguns fizeram parte de sua primeira exposição individual, em Nova York em 1988, e outras de sua primeira mostra no Brasil, dois anos depois, e não eram mostradas ao público desde então.

Outra parcela é composta de execuções mais recentes de projetos deste mesmo período, mas que por diversos motivos não puderam ser realizados na época.

As peças são bem variadas: incluem de caveiras com nariz de palhaço e luvas de seis dedos a sarcófagos feitos de tupperware e plumas de mármore.

"Relicário" já havia passado pelo Rio de Janeiro no ano passado. A abertura, às 20h desta terça, é somente para convidados. A partir desta quarta, a visitação estará aberta ao público. A entrada é gratuita.

O trabalho de Vik Muniz foi tema do documentário "Lixo Extraordinário" , que concorreu ao Oscar 2011 no último domingo. O filme perdeu a estatueta para "Trabalho Interno" .

Serviço
"Relicário", de Vik Muniz
Instituto Tomie Ohtake (Avenida Faria Lima, 201, Pinheiros)
De terça a domingo, das 11h às 20h
Até o dia 24 de abril
Entrada gratuita

    Leia tudo sobre: Vik Munizrelicárioexposição

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG