Exposição de fotos em Nova York encolhe São Paulo

Além de mostrar ambiguidades, imagens de Claudio Edinger miniaturizam cidade

BBC Brasil |

selo

A cidade de São Paulo é o tema de uma mostra que o fotógrafo brasileiro Cláudio Edinger inaugura no próximo dia 1º de dezembro, em Nova York. A exposição terá 12 trabalhos que mostram as ambiguidades e contradições da metrópole.

As fotos mostram prédios, avenidas e largos famosos da cidade em cenas do cotidiano, com intenso trânsito de pessoas e veículos. Para as fotos, Edinger usou uma câmera especial Sinar, que permite acertar o foco apenas em determinadas áreas da imagem capturada. O resultado dá um ar de "miniatura" para os locais fotografados.

Segundo o fotógrafo, o efeito aproxima a fotografia da maneira como o olho humano enxerga, prendendo-se a um objeto de cada vez. A série de 30 imagens, 12 das quais foram selecionadas para a exposição, estão no livro "São Paulo: Minha Estranha Cidade Linda", publicado em 2009.

Paradoxos

Edinger conta que o ensaio nasceu de uma missa de sétimo dia na igreja Nossa Senhora do Brasil, em São Paulo, em 2004. Ao observar os afrescos do teto da igreja, ele percebeu que havia uma réplica da Capela Sistina, de Michelangelo, e diz ter achado "extraordinária" a "capacidade dos brasileiros de absorver a arte do mundo todo e inseri-la em contextos diferentes criando uma terceira imagem".

Ainda na igreja, o fotógrafo fez imagens do teto com um iPhone. Depois de conversar com o padre, Edinger voltou para fotografar com a sua Sinar e o resultado se tornou a primeira imagem do ensaio sobre São Paulo – um projeto que levou quatro anos para ser concluído.

A exposição ficará em cartaz na galeria 1500 em Nova York até 26 de março.

    Leia tudo sobre: claudio edingerfotografiasão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG