Steven Soderbergh vai trocar cinema pela pintura

Prestes a lançar "Contágio" e "Haywire", diretor confirma que se dedicará às artes plásticas

iG São Paulo |

Getty Images
Steven Soderbergh: adeus ao cinema
O diretor Steven Soderbergh está levando a aposentadoria a sério. Aos 48 anos, o ganhador do Oscar por "Traffic - Ninguém Sai Limpo" confirmou que fará mais três longas-metragens e depois vai se dedicar à pintura.

Siga o iG Cultura no Twitter

A história veio à tona em 2009, ganhou força em março e agora Soderbergh voltou a falar no assunto. Com dois filmes prestes a ser lançados – "Contágio" , qua ganha exibição no Festival de Veneza, e a ação "Haywire" –, o cineasta disse ao jornal The New York Times, em entrevista concedida no ateliê que mantém em Nova York, que pretende virar um artista plástico em tempo integral.

"Estou interessado em explorar outra forma de arte enquanto ainda tenho tempo e habilidade para fazê-lo", disse ao jornal. "Serei a primeira pessoa a assumir se não for bom nisso e, caso fique sem dinheiro, voltarei a comandar outro filme [da série] 'Onze Homens e Um Segredo'."

Antes de sair de trás das câmeras, o diretor de "Erin Brockovich" e "Sexo, Mentiras e Videotape" tem outros três projetos para realizar: "Liberace" , com Michael Douglas, "Man From U.N.C.L.E.", trama de espionagem com o amigo George Clooney, e "Magic Mike", inspirado na história real do ator Channing Tatum como stripper.

    Leia tudo sobre: steven soderberghaposentadoriacinema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG