Sequência de "Wall Street" tem estreia modesta nos EUA

Reencontro de Oliver Stone com Michael Douglas fatura apenas US$ 19 milhões

Reuters |

Divulgação
Shia LaBeouf, Josh Brolin e Michael Douglas em "Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme"
A ganância não é mais do que aceitável nas bilheterias norte-americanas. A sequência de "Wall Street" , de Oliver Stone, foi o destaque em cartaz neste domingo, embora não tenha se sobressaído, com rendimentos modestos de 19 milhões de dólares nos Estados Unidos e no Canadá.

"Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme" liderou uma semana que inclui dois estreantes: "A Lenda dos Guardiões" em 3D na segunda colocação com 16, 3 milhões de dólares e a comédia romântica da Disney "You Again" em quinto lugar com 8, 3 milhões de dólares.

"Atração Perigosa" , o suspense sobre roubo a bancos escrito e dirigido por Ben Affleck e campeão de bilheteria da semana passada, caiu para a terceira posição com 16 milhões de dólares. A comédia adolescente "Easy A" desceu duas colocações e ficou em quarto lugar com 10, 7 milhões de dólares em sua segunda semana.

Na semana passada especialistas haviam previsto que "Wall Street" e "A Lenda dos Guardiões" iriam arrecadar 20 milhões cada um, enquanto "You Again" prometia metade disso. Nenhum destes filmes agradou aos críticos.

Mas a distribuidora do filme de Stone disse que os números do lançamento da sequência foram "excelentes". Chris Aronson, vice-presidente sênior do estúdio para distribuição nacional, acrescentou que espera uma arrecadação na casa das centenas de milhões nos três dias do final de semana.

A filial da News Corp. está confiante de que o filme vai segurar a onda nos próximos finais de semana, porque se dirige a uma plateia mais velha – 65% têm mais de 30 anos – que normalmente não corre para ver um filme na estreia.

O financista Gordon Gekko, interpretado por Michael Douglas, retorna no conto moral sobre o mundo das finanças, 23 anos após sua proclamação de que "a ganância... é boa" se tornar uma metáfora da decadência do boom financeiro dos anos 1990. Shia LeBeouf é seu parceiro no filme de 60 milhões de dólares. O primeiro "Wall Street" arrecadou cerca de 87 milhões, feita a conversão para os dias de hoje, e deu um Oscar a Douglas.

    Leia tudo sobre: wall streetoliver stonebilheteria

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG