Robin Williams: "Tenho sorte de estar vivo"

Recuperado de uma cirurgia no coração e da dependência do álcool, ator está em "Happy Feet 2"

EFE |

Getty Images
Robin Williams
Robin Williams, um dos comediantes mais famosos de Hollywood, volta aos cinemas dos Estados Unidos nesta sexta-feira com "Happy Feet 2", uma comédia repleta de boas intenções com a qual celebra o simples fato de estar vivo, confessou o ator à Agência EFE.

Totalmente recuperado da operação no coração à qual se submeteu em 2009 e também da dependência do álcool - teve um recaída em 2006, depois de 20 anos sem provar uma gota -, o ator disse: "Tenho sorte de estar vivo".

"Fazer 60 anos não mudou em nada minha vida; me sinto muito feliz. A operação foi há dois anos e continuo bem. Não senti medo, pelo menos uma vez tomei a decisão certa. No início pensei que não podia enfrentá-lo, mas não tive outra alternativa. Meu médico fez 4 mil operações similares e todas saíram bem. Confiei na estatística".

Seus problemas com o álcool têm uma origem. Ele e Robert De Niro foram as duas últimas pessoas que estiveram com o comediante John Belushi na noite de sua morte por uma overdose de drogas em 1982. Isso levou Williams a ingressar em um programa de desintoxicação e a combater os fantasmas que o perseguiam há anos.

Hoje, o ator exala felicidade. Após seu casamento em outubro com Susan Schneider, volta a emprestar a voz a Ramón (um pinguim paquerador) e Lovelace (um pinguim guru), dois personagens da sequência de "Happy Feet", que ganhou o Oscar de melhor animação em 2007.

 O ganhador do Oscar como melhor ator coadjuvante em "Gênio Indomável" (1997) e protagonista de filmes como "Sociedade dos Poetas Mortos" (1989) e "Uma Babá Quase Perfeita" (1993), acabou de terminar as filmagens de "O Casamento", uma comédia onde reencontra seu amigo De Niro, com quem trabalhou em "Tempo de Despertar" (1990).

"Foi um máximo: trabalhar com ele é sempre divertido, é meu amigo e o conheço bem, assim como a Susan Sarandon. Mas ter conseguido fazer a Diane Keaton rir foi extraordinário. Ela esteve com Woody Allen, por isso é exigente", disse.

    Leia tudo sobre: Robin WilliamsHappy Feet 2Cinema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG