Cineasta afirma que centro do roteiro será um detalhe não percebido do primeiro filme da saga

O cineasta britânico Ridley Scott garantiu que seu novo filme, "Prometheus", preservará o "DNA original" da saga "Alien", dirigida por ele em 1979.

Segundo reportagem do jornal "Los Angeles Times", Scott conversou via satélite da Islândia com os participantes da Comic-Con, em San Diego, na quinta-feira, e anunciou seu futuro projeto.

Siga o iG Cultura no Twitter

"Me dei conta de que havia algo no primeiro filme 'Alien' que ninguém tinha prestado atenção e por isso nunca tinham me perguntado", explicou o cineasta de 73 anos, que justificou: "Pensei então que isso podia ser o centro da história".

O diretor de sucessos como "Blade Runner" e "Gladiador" disse que não tinha retornado ao gênero de ficção científica porque estava "ocupado testando" outro tipo de cinema, mas decidiu voltar "para explorar" esse elemento de "Alien".

Damon Lindelof, que produziu a série "Lost", é o produtor de "Prometheus".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.