Randy Quaid quer fugir de "assassinos" de Hollywood

Procurados pela polícia, ator e mulher vão ao Canadá e denunciam "conspiração"

EFE |

Getty Images
Randy Quaid: procurado pela polícia
O ator norte-americano Randy Quaid solicitou refúgio ao Canadá para escapar de "círculos assassinos em Hollywood", os mesmos que, segundo ele, mataram também Heath Ledger, David Carradine e Chris Penn. Quaid e a esposa, Evi, compareceram nesta sexta-feira a uma audiência do Conselho de Imigração e Refúgio na cidade de Vancouver para realizar a solicitação, segundo divulgaram veículos de imprensa locais.

Dos três atores citados por Quaid como vítimas de homicídio, Heath Ledger foi achado morto em seu apartamento vítima de uma overdose acidental de medicamentos, Chris Penn teve a morte atribuída a uma parada cardíaca e David Carradine foi encontrado enforcado, no que a Polícia diz se tratar de um acidente.

"Randy tem oito amigos próximos assassinados em estranhas circunstâncias. Sentimos que somos os próximos", afirmou Evi Quaid durante a audiência. Evi e Randy – que atuou nos filmes "Independence Day" e "O Segredo de Brokeback Mountain" – foram detidos na quinta-feira nas cercanias de Vancouver, quatro dias após chegar ao Canadá. As autoridades americanas emitiram ordens de prisão contra o casal por destruir uma casa na cidade californiana de Santa Barbara.

    Leia tudo sobre: randy quaidhollywood

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG