Produtor de 'Cisne Negro' filmará drama dos mineiros chilenos

Roteiro será feito por José Rivera, o mesmo de 'Diários de Motocicleta'

iG São Paulo com AFP |

O drama dos 33 mineiros que ficaram presos 69 dias na mina de San José, localizada na região chilena de Atacama, será levado ao cinema pelo produtor de Hollywood Mike Medavoy, informaram os representantes legais dos mineiros.

Os mineiros assinaram um acordo com Medavoy para que produza "o único filme oficial e autorizado sobre seu acidente e resgate", indica o comunicado da firma de advogados Carey, que os representa.

Medavoy, presidente da Phoenix Pictures e produtor de filmes como "Cisne Negro", afirmou ter sido capturado pela história dos mineiros chilenos. "Esta é uma história sobre o triunfo do espírito humano e uma homenagem à coragem e perseverança do povo chileno. Não posso pensar numa história melhor para levar ao cinema", declarou Medavoy.

Siga o iG Cultura no Twitter

A história ficará a cargo do roteirista José Rivera, vencedor do Oscar de 2005 por "Diários de Motocicleta", e se baseará no livro que está sendo escrito por Héctor Tobar a partir das anotações feitas por Víctor Segovia, um dos mineiros presos.

A produção começará em 2012 e ainda não tem elenco confirmado.

Brad Pitt

No final de 2010, a produtora de Brad Pitt, Plan B Entertainment, negociava a aquisição dos direitos para fazer um filme sobre os 33 mineiros.

À epoca, o advogado dos mineiros, Edgardo Reinoso Lundstedt, afirmou que a empresa de Pitt tinha oferecido vários milhões de dólares para garantir a produção da história no cinema. A empresa de Hollywood teria cogitado até mesmo contar com alguns dos mineiros no elenco. Representantes da Plan B Entertainment visitaram o Chile pelo menos duas vezes.

    Leia tudo sobre: Hollywoodcinema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG