Pornografia é tema de festival de cinema em São Paulo

Primeira edição do PopPorn ainda terá workshops, performances e mesas de debates

iG São Paulo |

Divulgação
Cena do documentário "Dia-a-Dia do Pornô"
"Fluidez Carnal", "Diários Safados" e "10 Dias (Sem Bater)". Os títulos lembram os exibidos em cinemas do centro de São Paulo, mas são alguns dos filmes da programação da primeira edição brasileira do festival PopPorn. O evento, que começa nesta quinta-feira (26), traz produções que estão na fronteira entre a arte e a pornografia. Além de filmes, a mostra inclui workshops, mesas de debates e performances.

A inspiração é o Pornfilmfestival Berlin, que acontece na capital alemã há seis anos. "Aqui no Brasil o evento surgiu de uma ação coletiva que envolve profissionais do mundo das artes, cultura e da comunicação", explica Suzy Capó, uma das idealizadoras do festival.

Entre os novos filmes que o PopPorn vai exibir estão o português "10 Dias (Sem Bater)", sobre um rapaz que decide passar dez dias sem se masturbar para depois fazer um vídeo para a internet, e "Malícia no País das Maravilhas", adaptação erótica do clássico de Lewis Carroll estrelada pela estrela pornô Sasha Grey.

Na área de documentários, os títulos incluem "O Advogado do Viado", sobre o cineasta canadense Bruce LaBruce; "Dia-a-Dia do Pornô", retrato dos bastidores de um filme erótico; e "Meu Amigo Cláudia", história da transsexual Claudia Wonder, morta no ano passado.

Filmes mais antigos também estão na programação. Há desde o clássico "O Último Tango em Paris", de Bernardo Bertolucci, até o sucesso pornô de 1972 "O Diabo na Carne de Miss Jones", passando pela pornochanchada brasileira "Histórias que Nossas Babás Não Contavam".

Divulgação
Logo do PopPorn Festival
Debates e workshops

O festival também terá três mesas de debates que abordarão alguns aspectos da pornografia e da indústria que a cerca. No dia 29 de maio, a Matilha Cultural receberá, às 17h30, o debate "Sexo @ Internet", que discutirá o atual cenário de consumo de pornografia pela rede com mediação de Carol Parreiras, doutoranda sobre sexo e internet da Unicamp.

"Pornografia & Feminismo" é o tema do debate que será realizado na Galeria Vermelho, no dia 01 de junho, a partir das 19h30. A mediação ficará por conta de Elisa Gargiulo, da banda Dominatrix e ativista feminista. Farão parte da mesa Penélope Nova, VJ da MTV, Bruna Vieira, atriz pornô e stripper virtual, Heloisa Passos, cineasta e fotógrafa e Tica Moreno, cientista social e militante da Marcha Mundial das Mulheres.

Na mesa "Páginas Picantes: O Ardor da Literatura Sexual", a mediadora Vange Leonel conversará sobre as características e rumos da literatura que aborda a sexualidade humana. Farão parte da mesa o também jornalista Ubiratan Muarrek e o escritor Ismael Caneppele. O encontro será na Galeria Vermelho no dia 02 de junho, às 19h30.

No dia 28 de maio, das 16h às 18h30, a Matilha cultural receberá o workshop Home Made Porn Videos, que busca investigar com os participantes formas de criar, de maneira original, filmes eróticos e pornôs caseiros. O workshop é gratuito e os interessados devem enviar uma carta de apresentação e interesse para o email popporn@festivalfilmes.com.br.

O PopPorn Festival ainda inclui uma série de festas, exposições e performances. A programação completa, assim como as sinopses de todos os filmes selecionados, está disponível no site www.popporn.com.br .

    Leia tudo sobre: PopPorn Festival

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG