Politicamente incorreto, Ricky Gervais apresenta Globo de Ouro; veja as polêmicas do comediante

Conheça a trajetória do britânico que ridicularizou figuras de Hollywood em festa de 2011

iG São Paulo |

A carreira do ator e comediante britânico Ricky Gervais pode ser dividida em dois momentos: antes e depois do Globo de Ouro em 2011. Na ocasião, Gervais (que já havia ocupado o cargo de apresentador em 2010) disparou piadas ácidas contra conhecidas figuras de Hollywood, como Bruce Willis, Johnny Depp e Robert Downey Jr.

Getty Images
O comediante britânico Ricky Gervais: piadas ácias criaram polêmica no Globo de Ouro 2011

Algumas alfinetadas de Gervais no Globo de Ouro 2011:

- "Foi um grande ano para os filmes em 3D. 'Toy Story 3' , 'Meu Malvado Favorito', 'Tron' . Parece que tudo neste ano teve três dimensões. Exceto os personagens de 'O Turista' . Eu me sinto mal por essa piada. Eu sequer assisti ao filme. Mas quem viu?"

- "Muitos filmes grandes não foram indicados neste ano. Nada para 'Sex and the City 2' . Tenho certeza que o Globo de Ouro de efeitos especiais deveria ir para a equipe que mexeu naquele pôster. Garotas, nós sabemos as suas idades. Eu vi uma de vocês num episódio de 'Bonanza' [seriado dos anos 1960]".

- "Tivemos ótimos seriados dramáticos na TV neste ano, como 'Boardwalk Empire' e 'The Walking Dead' [série sobre zumbis]. Falando sobre 'Walking Dead', parabéns para Hugh Hefner [dono da revista 'Playboy'], que se casou aos 84 anos com a modelo de 24 anos Cristal Harris. Quando perguntaram por que ela se casou com ele, a resposta foi porque ele mentiu sobre a idade. 'Ele me disse que eram 94 anos'. Não se preocupe. Só não olhe quando tiver que tocá-lo".

- "Nossa primeira apresentadora é bonita, talentosa e aparentemente judia. Mel Gibson me disse isso. Ele está obcecado. Por favor recebam Scarlett Johansson" [Gibson se tornou ovelha negra em Hollywood após criticar os judeus quando estava bêbado ]

- "Por favor recebam o pai de Ashton Kutcher: Bruce Willis." [Na época Kutcher namorava a ex-mulher de Willis, Demi Moore]

- "O próximo apresentador é um verdadeiro ícone de Hollywood. Em seus filmes ele nos mostrou sua versátil capacidade de interpretação. Ele interpretou um boxeador e Rambo. Por favor recebam Sylvester Stallone".

Além destas, Gervais duvidou da sexualidade de Tom Cruise, zombou das farras de Charlie Sheen e fez graça até com o presidente da Associação da Imprensa Estrangeira de Hollywood, que organiza o Globo de Ouro. As piadas do britânico ajudaram a elevar a audiência do prêmio , mas fizeram com que ele quase fosse afastado da premiação .

nullAos 50 anos, Gervais se sente à vontade para caçoar de filmes como "Sex and the City 2" e "O Turista" no Globo de Ouro escorado por sucessos pessoais como as séries britânicas "The Office" e "Extras", mas sua trajetória também guarda fracassos não apenas no cinema mas também na música. 

Siga o iG Cultura no Twitter

Muito antes de estrear na televisão, Gervais e o amigo Bill Macrae formaram a dupla pop Seona Dancing, em 1983. Eles assinaram contrato com a London Records, mas nenhum dos seus dois singles ("More to Lose" e "Bitter Heart") estourou no Reino Unido, o que dinamitou as chances de sucesso do duo.

Se o Seona Dancing naufragou na Inglaterra, Gervais teve algo para comemorar: "More to Lose" atingiu o topo das paradas nas Filipinas.

Após desistir da carreira musical, Gervais teve atuações infrutíferas em programas de rádio e shows de stand-up comedy. A grande virada ocorreu na televisão, com a estreia da série cômica "The Office", em julho de 2001.

No papel de David Brent, o gerente regional de uma empresa britânica que acredita ser o melhor dos chefes, o humorista ganhou notoriedade transformando o personagem no mais odiado supervisor do Reino Unido.

Divulgação
Ricky Gervais e os fantasmas do fracasso de bilheteria "Ghost Town - Um Espírito Atrás de Mim"
Após garantir a Gervais fama em sua terra natal, "The Office" foi adaptada para os EUA, com o ator Steve Carell no papel desempenhado pelo britânico.

O sucesso da série do outro lado do Atlântico levou Gervais a se arriscar no cinema – e sua carreira sofreu um leve revés. O fracasso da comédia "Ghost Town - Um Espírito Atrás de Mim" (2008) e a recepção morna de "O Primeiro Mentiroso" (2009) pareciam mostrar que seu melhor papel em Hollywood foi o de um diretor chato em "Uma Noite no Museu" (2006).

Reprodução
Ricky Gervais posa como um "mong" no Twitter
Após a polêmica do Globo de Ouro, em outubro de 2011 Gervais foi criticado por usar com frequência a palavra "mong", diminutivo de mongolóide, em seu Twitter. O termo, utilizado para depreciar pessoas com deficiências mentais, causou indignação entre parentes e organizações de portadores de síndrome de Down.

Para piorar a situação, o comediante publicou fotos em que imitava "mongs" com caretas. Depois de defender seu ponto de vista, afirmando que utilizava a palavra para definir pessoas ignorantes, Gervais pediu desculpas públicas, afirmando ter agido de maneira ingênua.

A espera pelo retorno do apresentador ao Globo de Ouro acaba neste domingo (dia 15). E quem acredita que Gervais vai baixar o tom das piadas está enganado. "Eu nunca sucumbi à pressão alheia. Eu faço do meu jeito e eles [os organizadores do prêmio] não sabem o que eu vou dizer", afirmou em entrevista a NBC.

Leia também: Ricky Gervais não vai baixar o tom no Globo de Ouro 2012

Organizado pela Associação da Imprensa Estrangeira de Hollywood, o Globo de Ouro é um dos principais prêmios do cinema e da televisão dos EUA. O filme "A Rede Social" foi o grande vencedor na edição do ano passado. Considerada uma prévia fraca do Oscar , uma conta recentemente procurou afirmar que a premiação tem, sim, mais de 50% de acerto em relação à festa da Academia de Hollywood.

A 69ª entrega do Globo de Ouro acontece em 15 de janeiro e é exibida no Brasil pelos canais da TV a cabo TNT e E! Entertainment a partir das 22h.

    Leia tudo sobre: Ricky Gervaisglobo de ourothe officeextrashumor

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG