Pixar encontra final digno para Toy Story

Terceiro filme encerra com chave de ouro a saga de Woody e Buzz Lightyear

Guss de Lucca, iG São Paulo |

Divulgação
Woody, Buzz Lightyear e Jesse: brinquedos do jovem Andy têm futuro incerto na animação Toy Story 3
Em 1995 a Pixar cravou seu pé na História do cinema com o lançamento de Toy Story , animação computadorizada que tornou popular as figuras do cowboy Woody (Tom Hanks) e do astronauta Buzz Lightyear (Tim Allen) - ambos brinquedos do garoto Andy, que no primeiro longa-metragem tem apenas seis anos.

Após uma sequência bem sucedida, que brinca com a mitologia em torno da dupla de personagens principais, o estúdio revisita os famosos brinquedos e consegue, quinze anos depois de seu lançamento, dar um final digno para a saga que mudou a maneira de crianças e adultos assistiram juntos a uma animação.

Desta vez a turma de Woody, após sofrer algumas baixas, encontra-se abandonada no baú de brinquedos de seu dono, agora um adolescente às vésperas de ir para a faculdade. Sem destino certo, os personagens temem acabar esquecidos no sótão da casa ou pior, jogados no lixo.

Certo de que Andy não os abandonaria, Woody é o único a não perder a fé quando a turma é acidentalmente levada a creche Sunnyside, onde acaba conhecendo uma dezena de novos brinquedos liderados pelo urso Lotso (Ned Beatty) e seus amigos - entre eles o boneco Ken (Michael Keaton), que ao lado de Barbie (Jodi Benson) protagoniza algumas das sequências mais hilárias da animação.

Divulgação
O simpático urso Lotso apresenta a creche Sunnyside aos novos brinquedos: lugar é cheio de mistérios...
Empolgados com a possibilidade de divertir novas crianças, os brinquedos de Andy logo descobrem que a creche não é o lugar fantástico que parece e retornar ao seu antigo dono pode ser a única chance de redenção - mesmo sabendo que o garoto vai invariavelmente abandoná-los para ir à universidade.

Com todo o conhecimento acumulado em mais de uma década de sucessos, como Procurando Nemo e Wall-E , a Pixar parece ter utilizado seus melhores empregados para dar um passo à frente e criar uma história capaz de tocar fundo nos sentimentos de qualquer um que já teve carinho por um brinquedo - seja este um espectador de oito ou oitenta anos.

Com referências discretas a filmes de ação, guerra e horror (o bebê gigante é assustador!), Toy Story 3 encerra com chave de ouro a saga de Woody e Buzz Lightyear e é, sem dúvida, o melhor filme da trilogia.

Assista abaixo ao trailer de Toy Story 3 :

    Leia tudo sobre: Toy Story 3

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG