Veja filmografia da atriz, famosa também pelo humor ácido de seus comentários

Elizabeth Taylor foi a principal e uma das mais belas atrizes norte-americanas entre a segunda metade dos anos 1950 e o final dos anos 1960. Ganhou dois Oscars ("Disque Butterfield 8" e "Quem Tem Medo de Virginia Woolf?") e atuou em alguns clássicos do cinema ("Cleópatra", "Assim Caminha a Humanidade", "Ivanhoé", "Gata em Teto de Zinco Quente"...).

Abaixo, uma lista dos principais filmes da atriz. Em seguida, reveja algumas das mais conhecidas frases de Taylor. Aqui, leia mais sobre a vida e a carreira de Elizabeth Taylor .

Os principais filmes de Elizabeth Taylor

"There's One Born Every Minute" (1942 - estreia de Liz Taylor no cinema)

"Lassie e a Força do Coração" (1943 - interpreta a pequena Priscilla, de 11 anos, que cuida de Lassie)

"Jane Eyre" (1943 - interpreta a personagem principal quando criança)

"Evocação" (1944 - vive Betsy Kenney aos 10 anos)

"A Mocidade É Assim Mesmo" (1944 - como uma jovem que adora cavalos, ela contracena com Mickey Rooney)

"A Coragem de Lassie" (1946 - continua em seu papel de adolescente que cuida da cadela Lassie)

"Quatro Destinos" (1949 - nesta adaptação do livro "Adoráveis Mulheres", Taylor interpreta uma das quatro irmãs que vivem com a mãe enquanto o pai luta na Guerra Civil americana)

"O Pai da Noiva" (1950 - interpreta a noiva que dá título ao filme)

"Um Lugar ao Sol" (1951 - vive a bela Angela Vickers, por quem o personagem de Montgomery Clift se apaixona)

"Ivanhoe" (1952 - interpreta Rebecca, uma judia que se apaixona por Ivanhoé)

"O Belo Brummell" (1954 - é Lady Patricia, que ganha o coração de Stewart Granger, um oficial do exército britânico)

"Assim Caminha a Humanidade" (1956 - destaca-se como Leslie Lynnton, a filha de um fazendeiro do Texas; contracena com Rock Hudson e James Dean)

"Gata em Teto de Zinco Quente" (1958 - aqui ela é Maggie Pollitt, mulher de um ex-jogador de futebol americano vivido por Paul Newman)

"De Repente, no Último Verão" (1959 - é uma garota pobre que viaja com o primo rico; ele morre nessa viagem, e a garota é internada em um asilo pela tia; foi indicada ao Oscar de atriz)

"Disque Butterfield 8" (1960 - em papel que lhe rendeu Oscar de melhor atriz, Taylor vive Gloria Wandrous, garota que faz programas em Manhattan e se apaixona por um homem casado)

"Cleópatra" (1963 - interpreta a personagem que dá título ao filme; com orçamento milionário para a época, o longa foi um fracasso de bilheteria)

"Gente Muito Importante" (1963 - neste drama, ela vive mulher que deseja largar o marido para ficar com outro homem)

"Quem tem Medo de Virginia Woolf?" (1966 - interpreta Martha, mulher que está em crise no casamento; ao lado do amrido, passa uma noite tensa ao lado de um jovem casal, e alguns segredos são revelados; Taylor ganhou o Oscar de melhor atriz)

"A Megera Domada" (1967 - interpreta Katharina, ao lado de Richard Burton, numa versão cômica do clássico de Shakespeare dirigida por Franco Zeffirelli)

"Doutor Faustus" (1967 - vive Helena de Troia e novamente contracena com seu marido, Richard Burton)

"O Pecado de Todos Nós" (1967 - é a mulher de Marlon Brando, que interpreta um major em decadência no exército americano)

"Os Farsantes" (1967 - neste filme ambientado no Haiti, vive a mulher de um embaixador; ela tem um caso com o ex-dono de um hotel)

"O Homem que Veio de Longe" (1968 - interpreta uma escritora rica que vive praticamente isolada, até receber a visita de um homem misterioso)

"X, Y e Z" (1972 - é Zee Blakeley, mulher sem muitos princípios que tenta recuperar o amor do marido)

"Os Flintstones" (1994 - aqui Taylor é Pearl Slaghoople, personagem menor, em seu último longa para o cinema)

O problema de pessoas que não têm vícios é que normalmente elas têm virtudes bem irritantes
Divulgação
O problema de pessoas que não têm vícios é que normalmente elas têm virtudes bem irritantes
Frases de Elizabeth Taylor

"Grandes garotas precisam de grandes diamantes"

"Tudo me deixa nervosa, exceto fazer filmes"

"Adoro usar joias, mas não porque elas são minhas. Você não consegue possuir um brilho, consegue apenas admirá-lo"

"Sou uma mulher muito comprometida. Comprometida em casar tantas vezes"

"Nunca pretendi ser uma dona-de-casa comum"

"Não sei se o presidente Bush tem feito algo em relação à Aids. Para falar a verdade, não sei nem se ele sabe soletrar Aids" [Julho de 1991, durante a Oitava Conferência Internacional sobre Aids]

"Tenho o corpo de uma mulher e a sensibilidade de uma criança"

"Acho que quando atingem uma certa idade, os homens têm medo de crescer ainda mais. Parece que quanto mais velhos ficam, mais novas são suas mulheres"

"Acho que finalmente estou amadurecendo - e já era tempo!" [Em seu aniversário de 53 anos]

"Sou uma sobrevivente. Um exemplo vivo do que somos capazes de enfrentar e ainda assim sobreviver"

"Sempre admiti que sou comandada por minhas paixões"

"Passei por tudo, baby, sou uma mãe coragem"

"Apenas dormi com homens com os quais fui casada. Quantas mulheres podem dizer o mesmo?"

"Se alguém é burro o suficiente de me oferecer 1 milhão de dólares para me contratar para um filme, eu certamente não sou burra o suficiente de recusar"

"Minha mãe diz que eu não abri os olhos nos oito dias após meu nasicmento, mas que a primeira coisa que eu vi foi um anel de noivado"

"Pessoas que me conhecem me chamam de Elizabeth. Odeio Liz"

"Alguns de meus melhores homens foram cachorros e cavalos"

"Sucesso é um ótimo desodorante"

"O problema de pessoas que não têm vícios é que normalmente elas têm virtudes bem irritantes"

"Você conhece seus amigos quando você se envolve em um escândalo"

"Quando as pessoas dizem 'ela tem tudo', eu respondo o seguinte: 'eu não tenho o amanhã'"

Assista a trechos de filmes de Elizabeth Taylor:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.