"O Hobbit" será filmado na Nova Zelândia

Após impasse, governo acerta incentivos fiscais com estúdio Warner Bros

AFP |

Divulgação
Elijah Wood em "O Senhor dos Anéis": saga de Tolkien vai continuar no país de Peter Jackson
As duas partes do filme "O Hobbit", do cineasta Peter Jackson, serão rodadas na Nova Zelândia, após um acordo entre o governo do país e os estúdios Warnes Bros, anunciou nesta quarta-feira o primeiro-ministro John Key.

Dando fim a quase dois meses de incerteza sobre o local das filmagens da adaptação da obra do escritor britânico J. R. R. Tolkien, Key disse que o governo chegou a um acordo para aumentar os incentivos fiscais da produção, que tem custo estimado em 500 milhões de dólares, o que faria dos filmes "O Hobbit" o projeto mais caro da história do cinema.

Em troca, a Warner Bros utilizará seu departamento de publicidade para promover a Nova Zelândia como destino turístico, informou o premiê, após dois dias de árduas negociações com executivos dos estúdios na residência oficial de Wellington.

"Estou muito satisfeito de que tenhamos alcançado este resultado", disse Key à imprensa. "Fazer os filmes aqui não apenas vai salvaguardar trabalho para milhares de neozelandeses, mas também nos permitirá seguir a sucesso de "O Senhor dos Anéis", afirmou o primeiro-ministro, a respeito da trilogia também baseada na obra de Tolkien.

    Leia tudo sobre: nova zelândiapeter jacksono hobbittolkien

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG