Muito mais do que heróis de collant

Conheça algumas HQs sem super-heróis que serão adaptadas ao cinema

iG São Paulo |

Nunca se adaptou para o cinema tantas histórias em quadrinhos quanto na primeira década deste século. E apesar de ter marcado o início dessa tendência, "X-Men", dirigido por Bryan Singer em 2000, não beneficiou apenas histórias estreladas por super-heróis, mas também abriu os olhos dos executivos para o segmento alternativo dos gibis.

Não que os quadrinhos undergrounds nunca tivessem ganhado adaptações. Porém, em sua maioria, os filmes oriundos de HQs alternativas não conseguiram chamar a atenção do público que não era familiar àquelas histórias, fato ocorrido com "O Juiz" (1995), "Tank Girl" (1995) e "Mundo Cão" (2001).

Uma parcela menor até conseguiu bilheterias expressivas, mas não sem sofrer sérias mudanças em suas tônicas e roteiros, o que desagradou os leitores dos gibis – foi o que ocorreu com "As Tartarugas Ninja" (1990) e "O Máskara" (1994), em que ambos tiveram o grau de violência atenuado, visando atingir um público maior.

Porém, com o sucesso dos longas estrelados por heróis dos quadrinhos, os estúdios aumentaram a procura por gibis com potencial para a tela grande - inclusive os considerados alternativos, muitas vezes por incentivo de uma nova geração de cineastas, que consome e admira esse tipo de publicação.

A estreia nesta semana de " Scott Pilgrim Contra o Mundo ", baseado na graphic novel de Bryan Lee O'Malley, lançada no Brasil pela Conrad, faz parte desse pacote de adaptações propostas pelos estúdios. Mesmo assim, o filme não escapou da sina de tantas outras produções: mesmo com o barulho feito durante a San Diego Comic-Con (um dos principais eventos pop do mundo) deste ano, o filme decepcionou em seu lançamento nos EUA. Ficou apenas na quinta posição em sua semana de estreia - e por pouco não foi parar direto nas locadoras brasileiras.

Independentemente do fator "fracasso de bilheteria", nesse momento parte de Hollywood se debruça em HQs alternativas e anuncia o lançamento de uma série de adaptações, que irão desafiar um mercado muito mais interessado em justiceiros de collant e cuecas em cima das calças - conheça algumas delas abaixo.

Reprodução
Capas das HQs "The Boys", "Fugitivos" e "Morte"
"The Boys" - Dynamite Entertainment

História: Retrata o cotidiano de um grupo de vigilantes que utiliza métodos pouco ortodoxos para manter os super-heróis na linha.
Situação: Os direitos pertencem à Sony Pictures e boatos apontam o diretor Adam McKay como favorito ao cargo.

"Fugitivos" - Marvel

História: Tudo acontece depois que um grupo de jovens decide formar uma equipe para enfrentar seus próprios pais, que atuam como super-vilões em Los Angeles.
Situação: A Marvel Studios paralisou o projeto, que já conta com o diretor Peter Sollett confirmado, alegando o excesso de lançamentos de filmes com seus personagens.

"Morte" - DC/Vertido

História: O filme seria estrelado pela personagem Morte, coadjuvante da série "Sandman", mas a trama não foi detalhada.
Situação: Antes do término da New Line, o roteiro estava pronto e o próprio autor dos quadrinhos, Neil Gaiman, deveria dirigir.

Reprodução
Capas das HQs "Preacher", "2 Guns" e "R.I.P.D."
"Preacher" - DC/Vertido

História: Tudo gira em torno do pastor Jesse Custer, que após receber uma energia divina que lhe confere o poder conhecido como "voz de Deus", se junta a um vampiro e a uma assassina para descobrir o que aconteceu com o paraíso após o sumiço do Criador.
Situação: Nas mãos do produtor Neil Moritz, o filme ainda procura por um diretor – que, segundo boatos, deve ser o cineasta Darren Aronofsky.

"2 Guns" - Boom! Studios

História: O enredo policial retrata dois oficiais disfarçados que acabam investigando um ao outro sem que suas agências saibam disso.
Situação : O estúdio Universal já tem em mãos o roteiro escrito por Blake Masters e, no elenco, o ator Vince Vaughn - Owen Wilson ainda pode entrar nessa.

"R.I.P.D." - Dark Horse

História: Após sua morte, Nick Cruz entra para Rest In Peace Department, divisão do que seria uma polícia do além, responsável por investigar casos envolvendo o mundo dos mortos.
Situação: A Universal já contratou o diretor Robert Schwentke e o ator Ryan Reynolds. No momento, o roteiro é adaptado por Phil Hay e Matt Manfredi.

Reprodução
Capas das HQs "3 Story: The Secret History of the Giant Man", "Lore" e "Gravel"
"3 Story: The Secret History of the Giant Man" - Dark Horse

História: retrata três períodos da vida de um homem que não para de crescer por causa de uma doença, e é bem quisto pelo governo norte-americano.
Situação: Será adaptado e dirigido por Dustin Lance Black, premiado com o Oscar pelo roteiro de "Milk - A Voz da Igualdade".

"Lore" - IDW

História: Tudo acontece no momento em que criaturas mágicas enfurecidas retornam à Terra, após um longo período em que ficaram afastadas por membros da sociedade secreta dos Shepherds – que, sem um herdeiro, conta com a ajuda de uma heroína para salvar a humanidade.
Situação: Cory Goodman e Jeremy Lott trabalham na primeira versão do roteiro, que será entregue para os produtores Andrew Lazar e Rick Jacobs.

"Gravel" - Avatar Press

História: William Graves é um ex-agente do governo inglês, que trabalha por conta própria solucionando problemas sobrenaturais - e cobrando por isso.
Situação: Warren Ellis, autor da HQ, é quem atualmente roteiriza e produz a adaptação com a Legendary Pictures.

"Earp: Saints for Sinners" - Radical Publishing

História: Na trama, o xerife Wyatt Earp se depara com uma sociedade em frangalhos que tem como único foco de prosperidade Las Vegas.
Situação: Primeiro projeto de adaptação de uma HQ de Sam Raimi após sua saída da franquia "Homem-Aranha". Até o momento, as produtoras Mandeville Pictures e DreamWorks aguardam o roteiro de Matt Cirulnick, autor da HQ.

    Leia tudo sobre: Scott Pilgrim Contra o Mundo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG