Morre o cineasta espanhol Luis García Berlanga

Diretor, que sofria de Alzheimer, realizou longas como "Bienvenido, Mr. Marshall" (1953)

Reuters |

O cineasta espanhol Luis García Berlanga, um dos grandes nomes do cinema pós-guerra espanhol, morreu neste sábado aos 89 anos em Madri.

Berlanga, que sofria de Alzheimer, é uma referência do cinema espanhol do franquismo, cuja censura superou com inteligência e humor ácido para retratar o sofrimento de um país triste e ferido pela Guerra Civil entre 1936 e 1939.

Seu principal longa foi "Bienvenido, Mr. Marshall!" (1953), com o qual recebeu menção especial do jurado do festival de Cannes. Também dirigiu "Plácido" (1961) e "O Verdugo" (1963).

"É uma perda enorme para o cinema espanhol, mas sobretudo para toda a cultura espanhol", disse a ministra de Cultura, Angeles González, Sinde, à emissora local RNE.

    Leia tudo sobre: Luis García Berlanga

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG