Morre Linda Christian, diva de Hollywood nos anos 40

Atriz, que havia sido casada com Tyrone Power, tinha 87 anos e lutava contra um câncer

EFE |

Divulgação
A atriz Linda Christian
A atriz Linda Christian, uma das divas de Hollywood nos anos 1940, morreu nesta sexta-feira (dia 22) aos 87 anos em Palm Springs, no Estado americano da Califórnia, após uma longa batalha contra um câncer.

A notícia de sua morte foi anunciada neste sábado na Itália por Romina Power, filha de Linda e do ator Tyrone Power.

Siga o iG Cultura no Twitter

Linda Christian era seu nome artístico. O verdadeiro nome da atriz era Blanca Rosa Henrietta Stella Welter Vorhauer, mas, por sua beleza deslumbrante, ficou conhecida como "Bomba Anatômica", apelido dado pela revista americana "Life".

Nascida no México, Linda participou de inúmeros filmes ao longo da carreira, entre eles "Tarzan e as Sereias" (1948), ao lado de Johnny Weissmuller (1904-1984). Ela também foi a primeira Bond girl a aparecer na adaptação televisiva de "Casino Royale" (1954), da saga do agente secreto 007.

De pai holandês e mãe de origem mexicana, viveu na Europa, na América Latina e na África com sua família e falava sete idiomas. Sua popularidade aumentou após casar-se em 1949 com o ator Tyrone Power na igreja de Santa Francesca de Roma, próxima ao Coliseu, após quase dois anos de namoro. Ele ficou conhecido por filmes como "A Marca do Zorro" (1940) e "Testemunha de Acusação" (1957).

Do casamento nasceram duas filhas: Romina e Taryn Stephanie, ambas conhecidas no mundo da interpretação e da música. Após a morte de Tyrone Power, em 1958, a atriz casou-se em 1962 com o ator inglês Edmund Purdom (1926-2009), intérprete de filmes como "O Egípcio" (1954) e "O Diário de Anne Frank" (1959).

    Leia tudo sobre: cinemaHollywood

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG