"Miral", de Julian Schnabel, tem pré-estreia em Los Angeles

Javier Bardem participou de sessão do longe-metragem, polêmico por abordar o conflito no Oriente Médio através de olhar palestino

EFE |

Divulgação
A atriz Freida Pinto em cena de "Miral"
Apesar de não estar no elenco de "Miral", o ator espanhol Javier Bardem apresentou na noite desta terça-feira (22), em Los Angeles, o polêmico filme dirigido por Julian Schnabel. O cineasta, que levou Bardem a sua primeira indicação ao Oscar por "Antes do Anoitecer" (2000), recebe dessa forma o apoio do ator pouco antes da estreia limitada do filme nos Estados Unidos na próxima sexta-feira (25).

"Miral", um filme sobre o conflito palestino e baseado no romance homônimo da jornalista Rula Jebreal, percorre meio século de história no Oriente Médio através dos olhos de quatro mulheres palestinas. A atriz protagonista é Freida Pinto, conhecida por seu papel em "Quem quer ser um Milionário?" (2008). A distribuidora é The Weinstein Company, que adquiriu os direitos no mês de junho, antes de sua exibição no Festival de Cinema de Veneza.

Recentemente, a sede da ONU acolheu a estreia nos Estados Unidos do filme apesar dos protestos de Israel por considerar que o ato prejudica a credibilidade do organismo internacional. Várias organizações judias acham o conteúdo do filme ofensivo devido a seu retrato dos israelenses.

    Leia tudo sobre: miralfreida pintojulian schnabelpalestinaisrael

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG