Michelle Williams: 'Marilyn era incomparável cantando e dançando'

Atriz conversa sobre o filme 'Sete Dias com Marilyn' e fala sobre a filha Matilda, que teve com o ator Heath Ledger

Reuters |

Divulgação
Michelle Williams em 'Sete Dias com Marilyn'
Michelle Williams assume o papel de Marilyn Monroe em "Sete Dias com Marilyn". Atualmente nos cinemas norte-americanos, o filme é baseado no livro homônimo de Colin Clark e fala sobre o tempo que ele passou trabalhando com Marilyn enquanto a atriz estava na Inglaterra filmando a comédia romântica "O Príncipe Encantando", de 1956.

Michelle falou com a Reuters sobre como foi retratar Marilyn, sobre o filme, seu papel atual de Glinda – a bruxa boa no filme "Oz: The Great and Powerful", de Sam Raimi – e sobre sua filha Matilda, de seis anos, com o ator Heath Ledger.

Siga o iG Cultura no Twitter

Pergunta: Você tinha consciência de Marilyn Monroe e do poder dela nas telas quando você era mais jovem?
Michelle Williams:
Eu me interessava por ela, mas então eu meio que me afastei dela nos últimos 10 anos. Eu tinha um pôster dela no meu quarto. Não era uma fotografia dela como ícone, era uma foto em que ela parecia uma garota alegre e normal. Então eu definitivamente tinha algum tipo de ligação. (Trabalhar nesse filme) reacendeu qualquer tipo de atração inicial que eu tinha com ela quando adolescente.

Pergunta: Você mesma canta as músicas no filme?
Michelle Williams:
Sim, e minha mãe vai ficar tão animada quando vir isso. Ela sempre quis que eu cantasse e dançasse. Eu me diverti tanto fazendo isso!

Pergunta: Então fazer um musical pode estar em seus planos?
Michelle Williams:
Adoraria fazer isso. O que é tão libertador sobre cantar e dançar é que isso desliga sua cabeça. Você literalmente não consegue pensar enquanto está se apresentando. Há um tipo de transcendência. Acho que talvez seja por isso que Marilyn era tão talentosa. Seu canto e dança eram incomparáveis e seus números musicais eram de tirar o fôlego.

Leia também: Michelle Williams, a musa independente

Pergunta: O filme usa muitas locações da comédia "O Príncipe Encantado". Isso ajudou na produção?
Michelle Williams:
Houve muita sincronicidade. Nós filmamos na verdadeira casa de Parkside (onde Marilyn morou). Meu vestiário em Pinewood era o mesmo de Marilyn. Isso foi tão especial. O palco onde ela filmou aquela canção e o número de dança foi o mesmo palco onde eu filmei a minha. Vários adereços de nosso filme estavam no filme original "O Príncipe Encantado".

Pergunta: Não foi meio fantasmagórico?
Michelle Williams:
Bem, é tudo energia e o que você faz dela. Gosto de criar coisas do nada! (risos) Gosto de girar coisas no ar, então esse tipo de coisa funciona para mim.

Pergunta: Você usou peruca para o papel ou deixou o seu cabelo crescer?
Michelle Williams:
Usei perucas, mas tive que manter meu cabelo descolorido porque ele iria aparecer. Minhas sobrancelhas tinham que ser escuras e foram remodeladas. Você passa por tantas fases grotescas fazendo filmes (risos). Eu nunca me sinto eu mesma. Sinto-me como uma mutante - sempre no meio do caminho entre uma outra pessoa e eu mesma.

Pergunta: Sua filha Matilda ia ao set de filmagens?
Michelle Williams:
Ela vai comigo a todos os lugares.

Pergunta: Como você consegue equilibrar entrar em um personagem e então ir para casa no fim do dia e ser mãe?
Michelle Williams:
O que funciona para mim é ter uma passagem de onde moro para onde trabalho. Então, de manhã, eu saio de casa e ando para o trabalho. E a mesma coisa acontece na volta para a minha casa. Descobri que 20 ou 30 minutos neste caminho são um tipo de passagem que me ajuda nessa mudança.

Leia também: Michelle Williams pode concorrer a Oscar vivendo Marilyn Monroe

Pergunta: Você agora está filmando "Oz", no papel de Glinda. Matilda deve adorar ir a esse set.
Michelle Williams:
É a melhor coisa profissionalmente que nos aconteceu. Isso a trouxe a bordo do meu trabalho de uma maneira que é impossível acontecer em um filme como "Marilyn" ou "Blue Valentine". Nestes não havia espaço para uma criança visitar o set e ser uma criança. (Com "Oz") ela vai ao set todo dia após a escola porque é como um playground. Ela diz: "há apenas uma bruxa boa e é a mamãe". Ela está muito animada com isso.

null

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG