Meryl Streep: 'Arte não deve ser tratada como competição esportiva'

Atriz se pergunta: 'Até quando os cineastas aceitarão esse estranho sistema'

EFE |

Getty Images
Meryl Streep conquista seu terceiro Oscar, por 'A Dama de Ferro'
Em entrevista publicada por um jornal alemão neste sábado, a atriz Meryl Streep disse ficar incomodada quando o Oscar leva as pessoas a falarem de arte e de cinema como competições esportivas, e se pergunta "até quando os cineastas aceitarão esse estranho sistema".

Leia também: Meryl Streep vale o ingresso para "A Dama de Ferro"

"De repente, todos começam a falar de arte em termos esportivos e a perguntar quem são os primeiros e quem são os perdedores. Eu não gosto disso", diz Streep ao diário "Berliner Zeitung".

Você concorda com a Meryl Streep? Deixe seu comentário ao final do texto

Streep, que no último domingo ganhou o seu terceiro Oscar , desta vez pelo papel de Margaret Thatcher em "A Dama de Ferro" , admite que os prêmios sempre a alegraram, mas acrescenta que a ideia competitiva que há por trás deles lhe desagrada.

Veja também: Conheça as 17 indicações ao Oscar de Meryl Streep

"Os filmes tiram uns os espectadores dos outros, e no resto do ano as pessoas não podem voltar a assistir a um bom filme", avalia a atriz.

    Leia tudo sobre: Meryl StreepOscarcinemaA Dama de Ferro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG