Indicados ao Globo de Ouro serão anunciados nesta terça-feira

"A Rede Social" e "O Discurso do Rei" devem liderar as indicações da premiação

EFE |

Divulgação
"A Rede Social": Jesse Eisenberg e Andrew Garfield
A Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA, na sigla em inglês) divulgará nesta terça-feira em Los Angeles os indicados à 68ª edição do Globo de Ouro, prêmio que pode confirmar "A Rede Social" e "O Discurso do Rei" ("The King's Speech") como os filmes do ano. O anúncio das 25 candidaturas começará oficialmente às 5h15 do horário local (11h15 de Brasília), no hotel Beverly Hilton, em Los Angreles.

A atriz Katie Holmes e os atores Josh Duhamel e Blair Underwood, junto com o presidente da HFPA, Philip Berk, serão incumbidos de apresentar a breve cerimônia, na qual se espera a indicação do mexicanO "Biutiful" entre os candidatos a filme estrangeiro. "A Rede Social" conta a história da criação do Facebook e é o grande favorito para reinar na temporada de prêmios, embora já haja um grande número de críticos apontando uma mudança de tendência a favor de "O Discurso do Rei", estrelado por Colin Firth. Sites especializados confirmam o bom momento do filme sobre o rei Jorge VI da Inglaterra, assim como a solidez de propostas dramáticas como "O Cisne Negro", "O Vencedor" ("The Fighter") e "Bravura Indômita". Outros longas indicados como favoritos para a categoria de melhor filme do Globo de Ouro são "A Origem", "127 Horas", "Rabbit Hole", "Blue Valentine" e "Inverno da Alma ("Winter's Bone").

Ao contrário do Oscar, a HFPA faz a distinção entre produções dramáticas e comédias/musicais. Desta forma, "Minhas Mães e Meu Pai" é muito cotado para ficar com uma vaga entre os nomeados para melhor comédia/musical, assim como "Alice no País das Maravilhas", "Amor e Outras Drogas", "Como Você Sabe" e "Made in Dagenham". Como protagonistas de produções dramáticas, sobressaem os nomes de Colin Firth ("O Discurso do Rei") e Jesse Eisenberg ("A Rede Social"), além de Jeff Bridges ("Bravura Indômita"), James Franco ("127 Horas") e Leonardo DiCaprio (por "A Origem" ou "Ilha do Medo") correndo por fora. O espanhol Javier Bardem, vencedor do Globo de Ouro em 2008 por "Onde os Fracos Não Têm Vez", também é um dos possíveis candidatos, por "Biutiful", assim como o veterano Robert Duvall, por "Get Low".

Já entre as atrizes cotadas para o prêmio estão Natalie Portman ("Cisne Negro"), Nicole Kidman ("Rabbit Hole"), Lesley Manville ("Another Year"), Michelle Williams ("Blue Valentine") e Jennifer Lawrence ("Inverno da Alma"). Os favoritos para disputar a categoria de melhor direção são Tom Hooper ("O Discurso do Rei") e David Fincher ("A Rede Social"), mas o páreo pode ter ainda os irmãos Coen, com "Bravura Indômita", Darren Aronofsky, por "Cisne Negro", e Danny Boyle, por "127 Horas". Correm por fora Christopher Nolan ("A Origem") e Clint Eastwood ("Além da Vida").

O prêmio de melhor filme em língua estrangeira parece ter "Biutiful", de Alejandro González Iñárritu, como aposta certa, enquanto estão cotadas a produção canadense "Incendies", a chinesa "Aftershock", a italiana "I Am Love", as francesas "Mesrine" e "White Material" e a israelense "The Human Resources Manager". A argentina "Abustres", a colombiana "El Vuelco del Cangrejo", a peruana "Contracorriente" e a venezuelana "Hermano" também estão cotados. Entre as animações, "Toy Story 3" é franco favorito para disputar o prêmio.

A cerimônia de entrega do Globo de Ouro será realizada em 16 de janeiro em Los Angeles.

    Leia tudo sobre: globo de ourooscar 2011hollywoodcinema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG