"Hop - Rebeldes sem Páscoa" fica em 1º nas bilheterias dos EUA

Filme arrecadou R$ 61,5 milhões em final de semana de estreias fracas

Reuters |

Divulgação
Cena de "Hop - Rebeldes sem Páscoa"
O filme de família "Hop - Rebeldes sem Páscoa", sobre um coelho adolescente que adora música, saltou para a primeira posição na América do Norte, com uma bilheteria de R$ 61,5 milhões, em um momento em que o público de cinema está fraco em geral, de acordo com estimativas divulgadas no domingo.

O filme, que combina atores de carne e osso com animação e estrela o comediante Russell Brand na voz de um coelho jovem que se tornará no futuro o coelhinho da Páscoa, ultrapassou o segundo colocado, o thriller "Contra o Tempo" , que arrecadou R$ 24,2 milhões.

Em terceiro lugar, ficou o filme de terror "Força Sobrenatural" , com R$ 21,8 milhões. Os três filmes estavam estreando nos cinemas, em um período de meses de queda nas vendas de ingressos. Os grandes estúdios esperam que suas superproduções de verão revertam essa tendência.

As vendas totais de ingressos ficaram abaixo de 27% neste fim de semana, em comparação ao mesmo período do ano passado, e a bilheteria doméstica dos últimos doze meses teve uma queda de pouco mais de 20%, de acordo com o site de pesquisa Hollywood.com Box Office.

Um dos poucos pontos positivos foi o mercado de filmes para a família. Alguns dos filmes com melhor desempenho de vendas foram "Hop" e a animação "Rango", no qual Johnny Depp dubla o personagem de um camaleão caubói no Velho Oeste.

"Rango" , em sua quinta semana em cartaz, continua entre os dez filmes mais vistos. A comédia ficou em oitavo lugar neste final de semana, com R$ 7,4 milhões nas bilheterias, elevando seu total acumulado para quase R$ 184,6 milhões.

O campeão da semana passada "Diário de um Banana", caiu para a quarta posição, com uma queda de 57% na receita, para R$ 16,5 milhões. Seu total agora está em R$ 62,1 milhões.

Completando a lista dos cinco filmes mais bem-sucedidos da semana, aparece o suspense "Sem Limites", que arrecadou R$ 15,2 milhões e aumentou sua bilheteria total para R$ 90 milhões em três semanas nos cinemas.

Hollywood também estava acompanhando de perto o lançamento do vencedor do Oscar "O Discurso do Rei" em uma versão nova sem palavrões, a fim de atrair fãs mais jovens que não puderam ver o original.

A nova versão ganhou cerca de R$ 1,9 milhão, uma queda de 23% em relação à semana passada, quando "O Discurso do Rei" adulto arrecadou R$ 2,4 milhão. Suas vendas globais agora estão em R$ 221,8 milhões.

null

    Leia tudo sobre: bilheteria euarussell brandhop

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG