"Harry Potter" estreia em Londres, mas sem 3D

Astros de "Relíquias da Morte" são esperados na pré-estreia mundial nesta quinta

Reuters |

Getty Images
Rupert Grint, Emma Watson e Daniel Radcliffe, as estrelas da franquia, em evento ontem em Londres
O sétimo e penúltimo filme de Harry Potter tem sua estreia mundial em Londres nesta quinta-feira, com outra grande arrecadação prevista para a Warner Bros., apesar de o estúdio não ter conseguido preparar a versão em 3D a tempo.

Os jovens astros britânicos Daniel Radcliffe, Emma Watson e Rupert Grint, que interpretam, respectivamente, Harry, Hermione e Ron, são aguardados no tapete vermelho para "Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1", que chega aos cinemas no dia 19.

A Warner decidiu dividir o último livro de J.K. Rowling sobre Harry e suas aventuras mágicas em dois filmes, depois que os primeiros seis arrecadaram espantosos 5,4 bilhões de dólares nas bilheterias mundiais.

Divulgação
Sem os ingressos mais caros do 3D, filme não deve superar barreira do US$ 1 bilhão
No entanto, a lucrativa franquia ainda não deve ultrapassar a barreira do 1 bilhão de dólares com uma única produção, e o lançamento em 3D seria certamente uma garantia desse marco, disseram especialistas. "Acho que a questão 3D deve ser uma grande decepção para a Warner Bros", disse Andreas Wiseman da Screen International.

Ele acrescentou que "Relíquias da Morte: Parte 1" poderá superar 1 bilhão de dólares nas bilheterias mundiais sem o efeito em três dimensões, e a franquia terá outra oportunidade de lucrar com o 3D no lançamento de "Relíquias da Morte: Parte 2" em julho do próximo ano.

Em "Relíquias da Morte: Parte 1", Harry, Ron e Hermione embarcam em uma missão para encontrar e destruir o segredo para a imortalidade e a destruição do maléfico Lord Voldemort – as Relíquias. O trailer do filme sugere que será uma mistura das conhecidas cenas espetaculares de ação e um roteiro cada vez mais sombrio, temperado com intrigas entre os amigos Harry e Ron.

    Leia tudo sobre: harry potterrelíquias da morte3d

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG