George Lucas processa designer de "Guerra nas Estrelas"

Suprema Corte britânica julga processo de direitos autorais de réplica dos filmes

iG São Paulo com AP |

Divulgação
Famoso capacete de "Star Wars": caso milionário
A Lucasfilm, empresa do diretor e produtor George Lucas, enfrenta nesta semana na Suprema Corte britânica um designer de "Guerra nas Estrelas" (1977), filme que inaugurou a saga de Luke Skywalker. Andrew Ainsworth alega ter criado os famosos capacetes dos Stormtroopers, os soldados do Império de Darth Vader, e desde 2004 comercializa réplicas na internet, o que motivou um processo de US$ 20 milhões da Lucasfilm por direitos autorais.

Há três anos, a justiça indeferiu o caso, afirmando que, ao contrário do que os advogados de Lucas alegavam, os capacetes não eram obras de arte e, portanto, não infrigiam as leis britânicas, embora a legislação nos Estados Unidos preveja a inflação. A Lucasfilm recorreu, perdeu novamente e agora leva o caso à Suprema Corte, com apoio de cineastas como Steven Spielberg, James Cameron e Peter Jackson.

"Ele (Lucas) tem tanto dinheiro que pode convencer a Suprema Corte", teme Ainsworth. "O que ele pretende é mudar a lei europeia", acrescentou. A porta-voz da Lucasfilm, por sua vez, defende que o processo vai contra a "comunidade criativa". "Essas obras de arte devem receber total proteção da lei britânica de direitos autorais, assim como acontece no resto do mundo."

A audiência começou nesta segunda-feira e deve se estender até o final da semana.

    Leia tudo sobre: guerra na estrelasstar warsgeorge lucaslucasfilm

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG