Filmes em 3D feitos na Alemanha nazista são descobertos

Cineasta encontrou registros em arquivos federais em Berlim

iG São Paulo |

Divulgação
Pôster do filme "Swastika", de Philippe Mora
O cineasta franco-australiano Philippe Mora descobriu dois filmes feitos em 3D na Alemanha nazista, no ano de 1936. As obras foram feitas por um estúdio independente para o Ministério da Propaganda de Goebbels.

Mora encontrou os filmes, cada um com cerca de 30 minutos e feitos em 35mm, quando fazia uma pesquisa em arquivos federais em Berlim para seu novo documentário "How the Third Reich was Recorded" ("Como o Terceiro Reich era Registrado", em tradução livre). No filme, Mora vai abordar o jeito como os nazistas usavam imagens para manipular a realidade.

"A qualidade dos filmes é fantástica. Os nazistas eram obcecados em gravar tudo e as imagens e detalhes eram controlados. Foi uma das maneiras como eles controlaram a nação e o povo", declarou Mora em entrevista ao site australiano 9 News. Um deles traz cenas de um churrasco, enquanto o outro mostra atrizes do Universum Film Studio, o principal estúdio de cinema alemão da época.

Aparentemente, os alemães usavam um prisma na frente de duas lentes para conseguir o efeito, especula Mora. "Eles eram classificados como 'filmes espaciais'", completa o documentarista, que acredita que há mais trechos de filmes nazistas escondidos pela Alemanha.

Esta não é a primeira vez que Mora aborda o regime nazista. Em "Swastika" (1973), ele apresentou gravações de filmes caseiros feitos por Hitler e sua companheira Eva Braun, em montanhas na Bavária.

    Leia tudo sobre: cinema3Dalemanhanazismo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG