Assim como ocorreu com "A Centopeia Humana 2", órgão de classificação britânico vetou a exibição do longa-metragem por cenas de tortura e abuso sexual

O filme de horror "The Bunny Game" foi banido pela British Board of Film Classification (BBFC), organização responsável por classificar filmes, DVDs e alguns jogos eletrônicos no Reino Unido. De acordo com o órgão, o longa-metragem foi vetado por causa das cenas de tortura e abuso sexual.

Siga o iG Cultura no Twitter

Classificada como "inaceitável para o público", a produção conta a história de uma prostituta viciada em drogas que, após ser capturada por um caminhoneiro, é submetida a humilhações, tortura e estupros.

"O foco principal de 'The Bunny Game' é o abuso sexual incessante de uma mulher indefesa, assim como o prazer sádico do homem que a capturou", declarou o órgão após emitir seu parecer.

O diretor do filme, Adam Rehmeier, disse estar chocado com a decisão. "Nós não fizemos 'The Bunny Game' para glamourizar a prostituição. Ele está longe de ser um filme erótico. É um conto de advertência moderna baseada na realidade".

"The Bunny Game" é o 13º filme a ser vetado pelo BBFC. Em junho deste ano a organização baniu "A Centopeia Humana 2" por motivos semelhantes, alegando que a produção representava um risco aos espectadores por causa de cenas que envolvem violência sexual, mutilação e defecação forçada.

Assim como ocorreu com "A Centopeia Humana 2", que sofreu 32 cortes para pleitear seu lançamento na Grã-Bretanha, os produtores de "The Bunny Game" deverão submeter o longa a uma série de alterações, caso queiram lançá-lo no Reino Unido.

Leia também: Filme causa polêmica na Inglaterra com cena de estupro de bebê

No Brasil, a última polêmica envolvendo censura nos cinemas ocorreu com "A Serbian Film - Terror Sem Limites". Impedido de ser exibido pela Justiça brasileira, o longa-metragem do diretor sérvio Srdjan Spasojevic passou por um período de incerteza até sua tímida estreia em Campinas , em 16 de setembro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.