Festival de Gramado 2011 começa com homenagem a Selton Mello

Com 14 longas nas competições brasileira e latina, evento ainda entregará prêmios a Fernanda Montenegro e Domingos de Oliveira

Marco Tomazzoni, iG São Paulo |

Perto de completar quatro décadas, o Festival de Cinema de Gramado será aberto nesta sexta-feira (05) com a exibição de "O Palhaço", de Selton Mello , que recentemente recebeu quatro prêmios em Paulínia . O que vem chamando a atenção nas últimas edições do evento na serra gaúcha, mais do que os filmes em competição, são as homenagens especiais. Entregar um Kikito para a Xuxa em 2009 não pegou muito bem, mas desta vez os organizadores acertaram: Fernanda Montenegro, Domingos de Oliveira e o próprio Selton receberão troféus do festival.

Divulgação
Selton Mello em "O Palhaço": prêmio especial
Entre os sete competidores brasileiros, estão "Riscado", de Joel Pizzini, o documentário "Uma Longa Viagem" , de Lúcia Murat, e "País do Desejo", de Paulo Caldas ("Deserto Feliz", "Baile Perfumado"). Após quase 20 anos, Reginaldo Faria volta a dirigir um filme, "O Carteiro", gravado na serra gaúcha. Já Kiko Goifman ("33", "Filmefobia") se uniu à mulher, Claudia Priscilla , para fazer o documentário "Olhe pra Mim de Novo". "Ponto Final", com Hermila Guedes e Roberto Bomtempo, e o documentário "As Hiper Mulheres", também selecionado para Brasília , são os últimos concorrentes nacionais.

Na disputa latina, chamam a atenção "La Lección de Pintura", mais uma produção chilena a abordar a ditadura militar, o romance argentino "Medianeras: Buenos Aires da Era do Amor Digital", já exibido em festivais internacionais e com distribuição garantida no Brasil, e, o mais curioso deles, "El Casamiento", documentário uruguaio sobre Julia, transexual, e Ignacio, pedreiro, que se conheceram numa véspera de Ano Novo há duas décadas e hoje estão juntos na terceira idade.

Há ainda representantes do México ("A Tiro de Piedra"), Colômbia ("Garcia"), Peru ("Las Malas Intenciones") e República Dominicana ("Jean Gentil"). Ao contrário dos homenageados brasileiros, neste ano o tradicional Kikito de Cristal, troféu entregue nos anos anteriores a personalidades do cinema latino-americano (Eduardo Coutinho, Manuel Martinez Carril, Ruy Guerra), não será concedido.

Na programação paralela, juntamente com curtas-metragens gaúchos e longas fora de competição, haverá o seminário "A censura voltou? O veto ao longa 'A Serbian Film' em questão". Realizado pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) e Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul (Acirs), o encontro vai reunir os diretores de festivais em Porto Alegre e São Luís, onde o filme foi exibido antes da proibição pelo Tribunal do Rio, além de jornalistas e de Davi Pires, diretor do departamento do Ministério da Justiça que concede a classificação indicativa dos filmes – o processo de "A Serbian Film" se arrastou no órgão, que enfim liberou o filme para maiores de 18 anos .

A 39ª edição do Festival de Gramado, que se estende até o sábado (13), quando acontece a cerimônia de premiação, tem como filme de encerramento o brasileiro "Sudoeste", de Eduardo Nunes, roteirista de "Árido Movie". Estrelado por Simone Spoladore, o longa viaja na sequência para o festival de Tessaloniki, na Grécia, conhecido por revelar jovens talentos do cinema.

Confira abaixo a lista de todos os filmes seleocinados para o Festival de Gramado 2011.

Competição - longas brasileiros
"As Hiper Mulheres", de Carlos Fausto, Leonardo Sette e Takumã Kuikuro, Pernambuco (documentário)
"O Carteiro", de Reginaldo Faria, Rio Grande do Sul
"Olhe Pra Mim de Novo", de Claudia Priscilla e Kiko Goifman, São Paulo (documentário)
"País do Desejo", de Paulo Caldas, Rio de Janeiro
"Ponto Final", de Marcelo Taranto, Rio de Janeiro
"Riscado", de Gustavo Pizzi, Rio de Janeiro
"Uma Longa Viagem", de Lúcia Murat. Rio de Janeiro (documentário)

Competição - longas latinos
"A Tiro de Pedra", de Sebastian Hiriart, México
"El Casamiento", de Aldo Garay, Uruguai (documentário)
"Garcia", de Jose Luis Rugeles, Colômbia
"Jean Gentil", de Laura A. Guzmán e Israel Cárdenas, República Dominicana
"La Lección de Pintura", de Pablo Perelman, Chile
"Las Malas Intenciones", de Rosario Garcia Montero, Peru
"Medianeras: Buenos Aires da Era do Amor Digital", de Gustavo Taretto, Argentina

Competição – curtas brasileiros
"A Melhor Idade", de Angelo Defanti, RJ
"A Mula Teimosa e o Controle Remoto", de Helio Villela Nunes, SP
"A Musa da Minha Rua", Adolfo Lachtermacher, RJ
"A Verdadeira História da Bailarina de Vermelho", Alessandra Colasanti e Samir Abujamra, RJ
"Calma Monga, Calma!", de Petrônio de Lorena, RJ
"Céu, Inferno e Outras Partes do Corpo", de Rodrigo John – RS
"Insustentável", de Luisa Pereira, SP
"Julie, Agosto, Setembro", de Jarleo Barbosa, GO
"O Cão", de Abel Roland e Emiliano Cunha, RS
"Orquestra do Som Cego", de Lucas Gervilla, SP
"Perfidia", de Ramon Navarro, DF
"Polaroid Circus", de Jacques Dequeker, SP
"Qual Queijo Você Quer?", de Cíntia Domit Bittar, SC
"Ribeirinhos do Asfalto", de Jorane Castro, PA
"Rivellino", de Marcos Fábio Katudjian, SP
"Um Outro Ensaio", de Natara Ney, RJ

Mostra de curtas gaúchos
"A Conquista do Espaço", de Chico Deniz
"A Noite do Artista", de Rafael Rodrigues
"Antônia", de Tyrell Spencer e Ligia Tiemi
"Boia", de Alice Castiel e Paula Martins
"Céu, Inferno e Outras Partes do Corpo", de Rodrigo John
"Corneteiro Não Se Mata", de Pablo Müller
"De Lá Pra Cá", de Frederico Pinto
"Especulativo Móvel", de James Zortéa
"Eu To Cansado", de Henrique Lahude
"Gaveta", de Richard Tavares
"Kopeck", de Jaime Lerner
"Madre Sal", de Maria Elisa Dantas
"Marcovaldo", de Cíntia Langie e Rafael Andreazza
"Melhor que Aqui", de Eduardo Wannmacher
"Nico", de Filipe Matzembacher
"O Cão", de Abel Roland e Emiliano Cunha
"Telefone de Gelo", de Fabiano de Souza
"Três Vezes Por Semana", de Cris Reque
"Tricô e Pitangas", de Iuli Gerbase e Marília Garske
"Um Dia Daqueles", de José Rodolfo Masiero e Caio Pereira

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG