Festival de Cinema de Cuiabá começa nesta sexta

17ª edição do evento prestigia produções comerciais e experimentais em quatro formatos

iG São Paulo |

Divulgação
Cena de ¿Cabeça a Prêmio¿, de Marco Ricca, filme que abre o 17º Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá
Começa nesta sexta (25.10), com a exibição de “Cabeça a Prêmio”, de Marco Ricca, o 17º Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá, que até o dia 30 de outubro exibirá 34 filmes nas quatro categorias de sua mostra competitiva.

Além de longas-metragens brasileiros já consagrados, como “No Meio do Rio Entre as Árvores”, documentário de Jorge Bodanzky, e “Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo”, obra experimental dos cineastas Marcelo Gomesd e Karim Aïnouz, o público da capital do Mato Grosso pode conferir duas produções mato-grossenses que concorrem na categoria vídeo: “Vestígios do Tempo”, de Ronaldo Adriano, e “Fita Amarela”, de Madiano Marcheti.

“Apesar de termos um acréscimo de produções mais comerciais, têm surgido, em importantes circuitos de festivais de cinema no país, produções mais experimentais, que buscam a ampliação da linguagem e do sentido da sétima arte no Brasil”, diz Luiz Borges, o idealizador do evento.

17º Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá
Abertura: "Cabeça a Prêmio", de Marcos Rica
Cine Teatro Cuiabá - 19h
Av. Pres. Getúlio Vargas, 270

Veja abaixo a lista de filmes selecionados:

Mostra Competitiva de Longa Metragem

"Cabeça a Prêmio" (Marco Ricca – RJ)
"No Meio do Rio Entre as Árvores" (Jorge Bodanzky – AM)
"O Contestado – Restos Mortais" (Sylvio Back – RJ)
"Ponto Org" (Patrícia Moran – MG)
"Um Homem Qualquer" (Caio Vecchio – SP)
"Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo" (Marcelo Gomes e Karim Aïnouz – RJ)

Mostra Competitiva de Média Metragem

"Enquanto Faço as Unhas" (Cristiano Requião – RJ)
"O Ouro Negro da Floresta" (Delvair Montagner – DF)

Mostra Competitiva de Curta Metragem

"Arancele" (Melo Viana – PR)
"Bailão" (Marcelo Caetano – SP)
"Circuito Interno" (Júlio Martí – SP)
"Eu Não Quero Voltar Sozinho" (Daniel Ribeiro – SP)
"O Divino, de Repente" (Fábio Yamaji – SP)
"O Filme Mais Violento do Mundo" (Gilberto Scarpa – MG)
"O Sarcófago" (Daniel Lisboa – BA)
"Peixe Vermelho" (Andreia Vigo – RS)
"Pimbal" (Ruy Veridiano – SP)
"Revertere Ad Locum Tuum" (Armando Mendz)
"Subsolo" (Jaime Lerner – RS)
"Tempestade" (Cesar Cabral – SP)
"Teresa" (Paula Szutan e Renata Terra – SP)
"Zigurate" (Carlos Eduardo Nogueira – SP)

Mostra Competitiva de Vídeos

"3.33" (Sabrina Greve – SP)
"7 Voltas" (Rogério Nunes – SP)
"Aquelas Mulheres" (Matilde Teles e Verena Kael - RJ)
"Dois Mundos" (Thereza Jessouroun – RJ)
"Fita Amarela" (Madiano Marcheti – MT)
"Imagine uma Menina com Cabelos de Brasil..." (Alexandre Bersot – RJ)
"Is That Beer?" (Lui Lobo – MG)
"O Retorno de Saturno" (Lisandro Santos – RS)
"Obra Prima" (Andréa Midori Simão e Thiago Faelli – SP)
"Olhar de João" (Mariley Carneiro – GO)
"Vestígios do Tempo" (Ronaldo Adriano – MT)

Mais informações no site oficial do festival

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG