Festival de cinema coreano destaca filmes sobre vingança

Tema rendeu as obras de maior sucesso internacional do cinema do país asiático

Agência Estado |

A segunda Mostra "Coreia, Cinema Explosivo: O Thriller de Vingança" começa nesta sexta-feira (15), no Centro Cultural São Paulo, e exibe, até o dia 30, doze longas de gêneros como terror, comédia, drama, comédia romântica e faroeste. A mostra tem três eixos: filmes com a temática vingança, longas do diretor Kim Ji-Woon - conhecido como o Quentin Tarantino coreano - e películas que arrebataram as maiores bilheterias da Coreia do Sul nos últimos seis anos.

Divulgação
"Old Boy", de Park Chan-Wook, é um dos destaques da mostra

O eixo 'vingança' não foi escolhido por acaso. Segundo Célio Franceschet, curador de audiovisual do Centro, os filmes sul-coreanos que mais tiveram destaque internacional falam do assunto. "Vingança Sem Nome" (2010), "O Gosto da Vingança" (2005), "Lady Vingança" (2005) e "Old Boy" (2003) são exemplos que fazem parte da programação. Esses longas também foram campeões de bilheteria.

O diretor Park Chan-Wook é um dos destaques do evento. Apesar de não ter uma sessão dedicada exclusivamente a ele, a exibição de sua trilogia Vingança ("Simpatia pelo Sr. Vingança" (2002), "Old Boy" e "Lady Vingança") comprova a influência da linguagem pop no cinema coreano. Para quem pensa que o cinema sul-coreano não tem nada a ver com o norte-americano, vale conferir suas obras. Dentro desse mesmo eixo, "Vingança Sem Nome" traz um homem com um passado misterioso, que faz tudo para salvar uma menina sequestrada. "Críticos disseram que esse filme tem a melhor sequência de luta de facas já criada", diz Franceschet.

Outro destaque, dessa vez com cenas singelas, é "Um Sonho com os Pés Descalços" (2010), escolhido para representar o país no Oscar deste ano. O longa conta a história de um jogador de futebol que dá aulas para crianças pobres no Timor Leste. Vale ver também a retrospectiva dedicada ao diretor Kim Ji-Woon. "O Bom, O Mau, O Bizarro" (2008) é a versão dele para o clássico do faroeste "Três Homens em Conflito" (1966).

Para quem prefere terror, a retrospectiva traz "O Mistério das Duas Irmãs" (2003), que conta a história de duas irmãs que saem de um hospício. Os longas escolhidos mostram a versatilidade de Ji-Woon, que transita com competência por diferentes gêneros. Algo que o cinema coreano tem conquistado nos últimos anos.

SERVIÇO
Mostra Coreia, Cinema Explosivo: O Thriller de Vingança

Centro Cultural São Paulo (Rua Vergueiro, 1.000, São Paulo)
Programação no site do CCSP
Censura: 16 anos
Entrada gratuita
De 15/07 a dia 30/7

    Leia tudo sobre: cinema asiáticoold boy

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG