Festival de Brasília divulga júri e programação

Um dos mais tradicionais eventos de cinema do país começa no próximo dia 23

iG São Paulo |

Divulgação
"Os Residentes", sexto longa na competição
A 43ª edição do Festival de Brasília começa em 23 de novembro com a exibição, para convidados, da cópia restaurada de "Liliam M: Relatório Confidencial" (1975), dirigido por Carlos Reichenbach, no Teatro Nacional Cláudio Santoro. No dia seguinte, no Cine Brasília, terá início a mostra competitiva, com os curtas "Cachoeira", "Fábula das Três Avós" e o longa "A Alegria", de Felipe Bragança e Marina Meliande, exibido em Cannes neste ano. O padrão de dois curtas e um longa se repete até o dia 29, com sessões às 20h30 e 23h30. As reprises terão lugar no Centro Cultural Banco do Brasil e Cinemark Píer 21.

A organizaçãO divulgou hoje os integrantes do júri oficial em 35mm, que será formado pela romancista Ana Miranda, o pesquisador André Brasil, a diretora Anna Muylaert, o diretor Antonio Carlos da Fontoura, a atriz Bidô Galvão, atriz, o diretor Erik de Castro e o crítico e cineasta Kleber Mendonça. Já o júri de filmes em digital terá os diretores André Miranda, Anna Azevedo e a distribuidora Suzy Capó.

Na competição, a novidade fica por conta da inclusão de "Os Residentes", de Tiago Mata Machado, que substitui o documentário "O Mar de Mário", desclassificado por ter perdido o ineditismo. O encerramento do festival, no dia 30, vai contar com a cerimônia de premiação e a projeção de "Os Deuses e os Mortos" (1970), de Ruy Guerra. No total, serão distribuídos R$ 555 mil em prêmios do júri oficial, popular e paralelos.

Veja abaixo a programação oficial:

Terça (23)
Abertura para convidados com a exibição do filme "Lilian M: Relatório Confidencial" (1975), de Carlos Reichenbach

Quarta (24)
"Cachoeira", de Sergio José de Andrade, 13min, AM
"Fábula das Três Avós", de Daniel Turini, 17min, SP
"A Alegria", de Felipe Bragança e Marina Meliande, 1h46, RJ

Quinta (25)
"Angeli 24 horas", de Beth Formaggini, 25min, RJ
"Contagem", de Gabriel Martins e Maurilio Martins, 18min, MG
"Transeunte", de Eryk Rocha, 1h40, RJ

Sexta (26)
"Acercadacana", de Felipe Peres Calheiros, 19min, PE
"Braxília", de Danyella Proença, 17min, DF
"Os Residentes", de Tiago Mata Machado, 2h, MG

Sábado (27)
"Matinta", de Fernando Segtowick, 20min, PA
"Falta de Ar", de Érico Monnerat, 21min, DF
"O Céu sobre os Ombros", de Sérgio Borges, 1h12, MG

Domingo (28)
"A Mula Teimosa e o Controle Remoto", de Hélio Villela Nunes, 15min, SP
"Café Aurora", de Pablo Polo, 19min, PE
"Amor?", de João Jardim, 1h40, RJ

Segunda (29)
"O Céu no Andar de Baixo", Leonardo Cata Preta, 14min, MG
"Custo Zero", de Leonardo Pirovano, 12min, RJ
"Vigias", de Marcelo Lordello, 1h10, PE

Terça (30)
Premiação com exibição do filme "Os Deuses e os Mortos" (1970), de Ruy Guerra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG