Festival de Brasília divulga filmes para edição 2011

Entre os selecionados está o novo longa de Tata Amaral e outros três exibidos em outros festivais

iG São Paulo |

Divulgação
Helena Albergaria em "Trabalhar Cansa"
A organização da 44ª edição do Festival de Brasília do Cinenma Brasileira divulgou a lista de filmes selecionados para 2011. Com a retirada do critério de ineditismo para a elegibilidade, três filmes que serão exibidos em outros festivais estão na competição: "Trabalhar Cansa" , de Juliana Rojas e Marco Dutra, premiado em Paulínia ; "Meu País" , de André Ristum, também exibido no evento em São Paulo; e "As Hiper Mulheres", de Carlos Fausto, Leonardo Sette e Takumã Kuikuro, já escalado para Gramado.

Os outros concorrentes na mostra de longa-metragem, estes sim inéditos, são "Hoje", de Tata Amaral, estrelado por Denise Fraga ; "O Homem que Não Dormia", de Edgard Navarro; e "Vou Rifar Meu Coração", de Ana Rieper, único documentário do grupo, sobre a influência dos cantores brega no imaginário romântico do país.

Tradicionalmente realizado em novembro, o Festival de Brasília também mudou sua data e acontece agora entre 26 de setembro e 3 de outubro. As alterações alimentaram o temor de que o evento perdesse sua importância no calendário de festivais no país, embora o prêmio para o longa-metragem vencedor tenha subido de R$ 80 mil para R$ 250 mil.

Apesar dos filmes não precisarem ser inéditos, se o concorrente conquistar o prêmio principal de outra mostra será substituído por um suplente.

Confira abaixo a lista completa de filmes selecionados para o Festival de Brasília 2011, entre longas, curtas, curtas de animação e longas da mostra regional.

Competição de longas-metragens
"As hiper mulheres", de Carlos Fausto, Leonardo Sette e Takumã Kuikuro
"Hoje", de Tata Amaral
"Meu país", de André Ristum
"O homem que não dormia", de Edgard Navarro
"Trabalhar cansa", de Juliana Rojas e Marco Dutra
"Vou rifar meu coração", de Ana Rieper

Competição de curtas-metragens
"A casa da vó Neyde", de Caio Cavechini (SP)
"A Fábrica", de Aly Muritiba (PR)
"De lá pra cá", de Frederico Pinto (RS)
"Elogio da Graça", de Joel Pizzini (RJ)
"Imperfeito", de Gui Campos (DF)
"L", de Thais Fujinaga (SP)
"Ovos de dinossauro na sala de estar", de Rafael Urban (PR)
"Premonição", de Pedro Abib (BA)
"Ser tão cinzento", de Henrique Dantas (BA)
"Sobre o menino do Rio", de Felipe Joffily (RJ)
"Três vezes por semana", de Cris Reque (RS)
"Um pouco de dois", de Danielle Araújo e Jackeline Salomão (DF)

Competição de curtas-metragens de animação
"2004", de Edgard Paiva (MG)
"A mala", de Fabiannie Bergh (PA)
"Bomtempo", de Alexandre Dubiela (MG)
"Cafeka", de Natália Cristine (RS)
"Céu, inferno e outras partes do corpo", de Rodrigo John (RS)
"Ciclo", de Lucas Marques Sampaio (DF )
"Media training", de Eloar Guazzelli e Rodrigo Silveira (SP)
"Menina da chuva", de Rosaria (RJ)
"Moby Dick", de Alessandro Corrêa (SP)
"Quindins", de David Mussel e Giuliana Danza (MG)
"Rái sossaith", de Thomate (SP)
"Sambatown", de Cadu Macedo (SP)

Mostra Brasília - longas-metragens
"A cidade é uma só?", de Adirley Queirós
"Cru", de Jimi Figueiredo
"Periférico 304", de Paulo Z
"Rock Brasília - Era de Ouro", de Vladimir Carvalho

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG