Evita vira desenho animado em novo longa-metragem

Nova adaptação da vida de ex-primeira-dama argentina ressalta sua infância

EFE |

Divulgação
Madonna em "Evita", de 1996
A vida da ex-primeira-dama argentina Eva Duarte de Perón, a Evita, voltará em breve aos cinemas, mas, pela primeira vez, em um longa-metragem de animação, confirmaram nesta segunda-feira (18) fontes da produção do filme.

Siga o iG Cultura no Twitter

"Eva de la Argentina", dirigido pela jornalista María Seoane, incluirá também algumas passagens de documentários sobre a segunda esposa do três vezes presidente da Argentina Juan Domingo Perón, cuja história foi levada ao cinema em várias ocasiões, uma delas protagonizada por Madonna.

O novo trabalho, que já está em etapa de produção, "não só procura enaltecer a tarefa de Evita, uma defensora dos direitos do trabalhador e da mulher, mas também mostrar desde sua infância nos Toldos (onde nasceu em 1919) até sua dolorosa morte", antecipam os produtores do filme, Azpeitia Cinema e Illusion Studios, em comunicado.

Evita, considerada a figura feminina mais importante da história da Argentina, morreu em 1952, aos 33 anos, vítima de um câncer de útero. Os militares que derrubaram Perón três anos depois sequestraram seu corpo e o enterraram com nome falso em um cemitério da Itália, onde ficou até 1971, quando foi restituído ao ex-presidente e, posteriormente, enterrado outra vez na Argentina.

"Eva de la Argentina" percorrerá a vida dessa "menina dos Toldos, bastarda e desprezada, que chegará a ser essa mulher que conquistou, incondicionalmente, o amor de seu povo, provocando, em uma sociedade machista, o ódio dos poderosos, em sua fugaz existência", anteciparam os produtores.

    Leia tudo sobre: evita peronargentinadesenho animado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG