Esther Williams, "a sereia de Hollywood", completa 90 anos

Atriz fez sucesso ao protagonizar balés aquáticos cinematográficos nas décadas de 1940/50

EFE |

Esther Williams, "a sereia de Hollywood", estrela dos estúdios MGM e dos balés aquáticos cinematográficos das décadas de 1940 e 1950, completa nesta segunda-feira 90 anos.

Divulgação
Esther Williams: de nadadora olímpica para queridinha dos musicais aquáticos de Hollywood
A protagonista de clássicos como "Ziegfeld Follies" (1945), "A Filha de Netuno" (1949) e "A Bela Ditadora" (1949), locomove-se atualmente com o auxílio de uma cadeira de rodas, mas continua a nadar em sua piscina de água aquecida com energia solar, disse seu quarto marido, Edward Bell, à Agência Efe. "Natação é o único esporte que ela ainda pode praticar", afirmou Bell.

O marido de Esther disse também que sua esposa aproveita a vida com seus familiares e amigos assistindo a filmes antigos e partidas de tênis. Além disso, contou que nesta segunda ela comemorará seus 90 anos cercada de entes queridos.

Dentro de alguns meses, seguindo as celebrações, Esther organizará um grande evento beneficente, com espetáculo aquático incluído, que contará com nadadores de todo o mundo. A atriz também está planejando um balé aquático na Broadway chamado "The Million Dollar Mermaid", baseado em sua biografia homônima.

Getty Images
Esther Williams com seu marido, Edward Bell
Esther Williams foi selecionada aos 16 anos para competir nos Jogos Olímpicos de 1940, mas eles foram cancelados devido à Segunda Guerra Mundial. Na época, ela já havia batido vários recordes nacionais e regionais de natação. A alternativa, então, foi se incorporar ao espetáculo Billy Rose Aquacade, na companhia de outra grande lenda deste esporte: Johnny Weismuller.

A desinibição de Esther chamou a atenção dos grandes executivos de Hollywood e, especialmente, dos estúdios MGM. A atriz praticamente criou o chamado balé aquático cinematográfico, e títulos como "A Escola de Sereias" (1944), "Million Dollar Mermaid" (1952) e "Dangerous When Wet" (1953) a transformaram em um destaque do cinema.

Durante a década de 40, muitos de seus trabalhos foram verdadeiros sucessos de bilheteria, mas mesmo assim ela decidiu dar um ponto final em sua carreira quando ainda estava no auge. "Saí com a cabeça erguida", disse Esther em 1989 ao explicar que sua "aposentadoria" foi motivada pelo fechamento de grandes estúdios, momento no qual a produção cinematográfica passou para as mãos de investidores de Nova York.

"Hollywood me tratou muito bem. Era uma menina mimada, mas a fórmula do meu sucesso era a água e não podia ser outra, portanto nunca cheguei a interpretar um papel dramático com sucesso", reconheceu. Como empresária, Esther Williams começou a vender piscinas e emprestou seu nome a uma linha de maiôs para mulheres, de estilo retrô, criada em 1988.

Antes de se unir a Edward Bell, em 1994, a atriz havia se casado três vezes: com Leonard Kovner, o cantor e ator Ben Gage, e o ator e diretor argentino Fernando Lamas.

    Leia tudo sobre: Esther Williams

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG