Entrevista coletiva de George Clooney em Veneza tem até homem sem roupa

VENEZA ¿ ¿Sempre fui bem tratado com meus filmes em Veneza. E essa é a única pré-estreia à qual você vem de barco. A cidade é incrível, o festival é o mais antigo do mundo...¿ Esse é George Clooney enumerando as qualidades de Veneza e seu festival, ao qual comparece pela terceira vez seguida com ¿The Men Who Stare at Goats¿, de Grant Heslov, fora de competição. Mas, depois da coletiva do início da tarde desta terça-feira (08), ele deve ter mudado de ideia.

Mariane Morisawa, enviada especial a Veneza |

AP

Ewan McGregor e George Clooney divulgam "The Men Who Stare at Goats" em Veneza

Começou com uma repórter da televisão espanhola anunciando que o amava antes de uma pergunta. Mais tarde, a clássica indagação sobre quando vai se casar. Fico feliz que você tenha me perguntado isso, porque em 20 anos de carreira nunca me fizeram essa pergunta, brincou George. As coisas piorariam em seguida. Um jornalista perguntou sobre os rumores de que ele seria gay ¿ recentemente, Brad Pitt brincou, dizendo que só se casaria com Angelina Jolie quando Clooney se casasse com um homem. Na verdade, Grant e eu estamos anunciando nosso casamento. Nem sei como responder isso.

Fechando a coletiva-pesadelo, um repórter da televisão italiana disse para o ator escolhê-lo, enquanto tirava toda a roupa, ficando só de cueca e gravata. É tão terrível quando alguém tenta uma piada que não tem graça nenhuma, é muito constrangedor. Mas boa tentativa. A gravata está bonita, tentou brincar Clooney. O piadista teve sua credencial apreendida.

AFP

Alto lá, rapaz: Clooney teve até que lidar com repórter sem roupas durante coletiva

Com isso tudo, houve pouco tempo para perguntas de verdade sobre o filme, uma comédia de humor negro baseado no livro do jornalista Jon Ronson sobre uma unidade militar americana fundada por Bill Django (Jeff Bridges) e encarregada de estudar os poderes da mente. No começo, a ideia é revolucionar o jeito de pensar das Forças Armadas, tentando evitar as guerras. Mais tarde, a unidade é transformada em arma de combate. Clooney interpreta um dos mais brilhantes soldados, Lyn Cassidy, enquanto Ewan McGregor é o repórter que descobre a história, e Kevin Spacey, um rival de Cassidy.

O filme tem ótimas atuações e momentos engraçadíssimos e surreais ¿ ainda assim, muito do que está ali é verdade. As coisas mais imbecis que acontecem são verdadeiras, disse Clooney. Os membros dessa unidade são chamados de guerreiros Jedi, o que gera muitos risos quando Ewan McGregor fala sobre o assunto ¿ o ator fez Obi-wan Kenobi na trilogia mais recente de Star Wars.

Existem pessoas que não conhecem nada sobre Jedis, e um deles é meu personagem, brincou McGregor. Indagado sobre se o presidente Barack Obama, a quem apoiou nas últimas eleições, poderia usar alguns cavaleiros Jedi, Clooney disse: Eu acho que qualquer pessoa que tenha assumido a presidência com duas guerras acontecendo, uma crise imobiliária, uma crise dos bancos, faria bom proveito de um Jedi. Acho que todos poderiam fazer bom proveito de um Jedi.

Leia as últimas notícias do Festival de Veneza

    Leia tudo sobre: festival de venezageorge clooney

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG